in

Rouge lança ‘EP 5’ com faixas inéditas e novidades que devem surpreender

Divulgação Rouge

Após o sucesso do single “Dona da Minha Vida”, a girlband composta por Aline Wirley, Fantine Thó, Karin Hils, Li Martins e Lu Andrade lançam hoje, segunda-feira, dia 8 de outubro, o “EP 5”, que traz o single mais recente, além de quatro novas faixas que prometem surpreender o público.

As canções, que representam a nova fase do grupo, estão unidas nesse lançamento que, simbolicamente, reforça o número 5, lembrando o público de ser o quinto trabalho produzido.

Entre romantismo e faixas dançantes, as canções são “Dona da Minha vida”, “Solo Tu”, “Beijo na Boca”, “Sem Temer” e “Te Ligo Depois”. Todas inéditas e reforçam a pegada musical do grupo que pretende se firmar, de vez, nas pardas de sucesso.

As canções, que misturam ritmos como reggaeton, funk e batidas pop, trazem elementos ainda não vistos nos trabalhos do grupo, como uma das faixas com rap em espanhol, cantado e escrito por Fantine; além de uma parceria com a revelação Vitão. A canção mostra um novo lado da cantora e é uma das apostas do Rouge.

Dessa vez, o grupo garante que está pronto para fortalecer a postura que assumiram em suas vidas: as músicas que trazem o empoderamento de cada uma das integrantes, além de serem donas de suas próprias escolhas.

Segundo a assessoria de imprensa da banda define, esse novo trabalho fala de amor e do respeito ao próximo, que deve ser exaltado; além das lutas diárias, conquistas, amizade e diversão.

Até o próximo semestre deste ano, Rouge deve lançar novas músicas, que resultarão no lançamento de seu próximo disco.

Avatar

Escrito por Mayra Michel

Jornalista por formação e vocação. Apaixonada pelos desafios da escrita e pelo aprendizado diário do Português. Na caminhada da Comunicação desde 2004, ainda tem muito o que viver nessa profissão que "quem conhece, não esquece jamais" (sim, sou mineira!).

Next post

Homem Formiga e Vespa consegue agradar justamente por ser menos pretensioso.

Nando Moura detona Kéfera após polêmica com a mãe, apoiadora de Bolsonaro: “vai estudar, moleca”