in

Climão: longe das telinhas desde 2018, Angélica curte post detonando o Se Joga

Reprodução: Instagram Angélica
Publicidade

Nesta semana, na segunda-feira (30), a Rede Globo lançou o Se Joga, um novo programa vespertino que, pela baixa audiência alcançada, parece não ter agradado muito os telespectadores. A apresentadora Angélica, esposa de Luciano Huck, afastada das telinhas desde abril de 2018, quando chegou ao fim o Estrelas, curtiu um post que detonava a estreia da nova aposta da emissora.

A publicação consiste em uma crítica feita pela colunista do Jornal O Globo, Patrícia Kogut, que tem o hábito de avaliar os programas televisivos atribuindo notas de zero a dez. Para ela, o Se Joga mereceu a pior nota possível, apesar de contar com a simpatia de bons apresentadores, deixa a desejar em relação ao conteúdo, pautando-se em uma sequência de jogos sem graça.

Publicidade

Além disso, Patrícia chegou a caracterizar uma das brincadeiras utilizadas no programa como algo típico de alunos que estão na quinta série, ou seja, algo bem infantil. Com uma apresentação tríplice, o Se Joga é liderado por Fernanda Gentil, Fabiana Karla e Érico Brás, e também conta com um time de humoristas: Marcelo Adnet, Paulo Vieira e Jefferson Schroeder.

Contenção do crescimento da Record

O Se Joga foi criado pela Rede Globo com o intuito de conter o vertiginoso crescimento da audiência da Record que, no mesmo horário, apresenta o quadro a Hora da Venenosa. Desde a estreia na segunda-feira, a emissora carioca segue perdendo para a paulista em relação à quantidade de telespectadores.

Publicidade

Angélica já comandou programa no horário

Angélica, que curtiu a publicação da colunista do O Globo detonando a estreia do Se Joga, já apresentou um programa no mesmo horário na emissora. O antigo Video Game era comandado pela loira e contava com a presença de diversos convidados especiais para a prática de jogos que tinham como tema novelas da Globo.

Publicidade
Next post

Beyoncé vive drama pessoal com a descoberta do câncer de mama do pai

Valesca Popozuda revela agressões e violência sofrida por ex-companheiro