in

Atriz da Globo expulsa homem de vagão feminino do metrô, e vídeo vai parar na web

Instagram/Laryssa Ayres

A atriz Laryssa Ayres, da Rede Globo, que participou de novelas como Malhação, em 2015, e O Sétimo Guardião, em 2018, foi flagrada na manhã da última quinta-feira (3) expulsando um homem de dentro de um vagão feminino do metrô do Rio de Janeiro.

A atriz ficou profundamente revoltada ao flagrar o homem no vagão, dedicado especialmente para as mulheres, e cobrou respeito, pedindo para que ele se retirasse daquele local destinado ao gênero feminino durante os horários de pico. 

Publicidade

Laryssa se dirigiu ao homem com respeito, e deixou bem claro que as mulheres não estavam forçando ele a nada, mas pedindo com educação. O vagão é das mulheres para determinado horário, e os homens devem respeitar, por ser um direito. Ao proferir as palavras, a atriz ganhou o apoio das demais mulheres que se encontravam no metrô.

Laryssa Ayres se pronuncia sobre a situação

O vídeo que mostra a pequena confusão acabou indo para nas redes sociais, e fez com que a atriz Laryssa Ayres tivesse que se manifestar. Ela relembrou a lei que estabelece o vagão dedicado exclusivamente para as mulheres, mas não deixou de demonstrar a sua grande indignação pelo fato do gênero feminino não ter a liberdade de ir e vir sem ser assediado, havendo a necessidade de medidas protetivas como essa. 

Publicidade

“Não quis aparecer” 

Em seu comunicado para os seguidores, Laryssa Ayres deixou bem claro que em momento algum tomou essa atitude para se exibir. Ela disse que não precisa se submeter a essa situação para gerar repercussão, e que tudo veio para dar voz às mulheres diante de uma afronta aos seus direitos conquistados.

Publicidade
Avatar

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Next post

Resumo Selva de Pedra (Viva) 07/10: Diva é paquerada por Miro

Resumo O Cravo e a Rosa (Viva) 07/10: Januário descobre que Lindinha sabotou Petruchio