in

Resumo Cabocla (Viva) 07/10: Luís descobre estar com tuberculose

Canal Viva
Publicidade

No primeiro capítulo de Cabocla, exibida no Viva, nesta segunda-feira, 7 de outubro, Luís descobre que tem tuberculose.

Ainda neste capítulo, Boanerges faz uma aposta, alegando que raspará o bigode, caso seu cavalo não consiga vencer a corrida. Momentos depois, o animal do fazendeiro acaba perdendo a disputa. Conforme prometido, Boanerges tira o bigode.

Publicidade

Não contente com o resultada disputa, Boanerges faz um novo desafio para Justino. Para a felicidade do fazendeiro, Tobias, seu empregado, ganha a corrida. Revoltado, Justino acusa Tomé de ter lhe traído, despedindo o empregado.

Tomé fica arrasado pela desconfiança de Justino. Mais tarde, Mariquinha vai atrás de Tomé, pedindo que ele um recado seu para Tobias. A filha de Justino quer encontrar o peão. Enquanto isso, Boanerges avisa Tobias que precisa ter uma conversa com Tomé.

Publicidade

Luís descobre que está muito doente

Generosa continua rezando pelo retorno de Rosa. Posteriormente, Tobias leva Tomé para casa, deixando Generosa e Tina Felizes. Após examinar Luís, Edmundo comunica a grave doença do rapaz, que está com tuberculose.

Preocupado com a saúde de Luís, Joaquim decide mandar o filho para Vila da Mata, pois está crente que ele terá melhor tratamento para a doença lá. Boanerges conversa com Tomé, que ganha um emprego na fazenda dele.

Luís decide não viajar para Vila da Mata

Tomé fica muito feliz por poder trabalhar lado a lado com o amigo. Inconformado com sua doença, Luís comunica ao pai sua decisão de não viajar. No trem, Belinha conhece Neco. Cabocla vai ao ar no Viva, de segunda a sábado, às 15h30. 

Publicidade
Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Resumo O Cravo e a Rosa (Viva) 07/10: Januário descobre que Lindinha sabotou Petruchio

Galã da Globo surpreende ao revelar que tem deficiência auditiva: ‘Pouca gente sabe’