in

Mais conteúdo: Netflix decide investir pesado em mais produção original

Netflix
Publicidade

A chegada de novos concorrentes pode ter sido um fator agravante para a Netflix se mover mais depressa. Com o lançamento do serviço de streaming da Disney e a consequente retirada de produções da agora rival de seu catálogo, atrações infantis ‘de elite’, filmes como Piratas do Caribe e muitas outras superproduções estão com os dias contados para os assinantes.

A Netflix já consegue produzir bons conteúdos e agora deve realmente andar com suas próprias pernas, os sócios da empresa informaram que pretendem desembolsar o equivalente a R$ 8 bilhões (na cotação atual) para alavancar novas produções, este valor estratosférico viria em grande parte da venda de seus títulos.

Não é só a poderosa Disney que assombra a Netflix. A empresa viu novas gigantes entrarem neste mercado, onde é pioneira e líder, ela pretende cativar seus clientes a continuarem fidelizados e a não migrarem o serviço. Antes ‘exclusiva’, há quem esteja indo para o serviço Amazon Prime e, no Brasil, mesmo a GloboPlay.

Publicidade
Publicidade

A situação financeira da empresa, segundo a Bloomberg, não parece ser das melhores. Ela acumula dívidas de aproximadamente 13,5 bilhões de dólares. Mo começo deste ano, no mês de abril, sabe-se que a companhia pegou mais dinheiro, por volta de US$ 2,24 bilhões com a intenção de financiar mais conteúdos para atrair mais assinantes.

Império gigante

A mais recente contagem de assinantes do serviço da Netflix apontou que a companhia tem, ao redor do mundo, uma quantidade de clientes equivalente a bem mais da metade da população brasileira com 139 milhões de usuários.

Publicidade
Avatar

Escrito por Mari

Alguém que curte escrever sobre entretenimento e diversidades.

Next post

Anitta pede atriz de Elite em casamento; ela surpreende com a resposta

Irina Shayk careca? A foto preocupa muito os fãs da modelo