in

Bonner é chamado para depôr em investigação após matéria sobre Bolsonaro

Publicidade

O jornalista William Bonner acabou ficando em maus lençóis recentemente, depois de divulgar uma matéria sobre o atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, na qual o apontava como possível participante de um crime.

Na última terça-feira (29/10), o Jornal Nacional declarou que um funcionário da portaria do condomínio onde mora um dos acusados de assassinar Marielle Franco, teria dito à Polícia que um indivíduo chamado Elcio entrou no local dizendo que iria à casa onde mora Bolsonaro.

Algum tempo depois da notícia ser apresentada, o Ministério Público declarou que a história era falsa, deixando alguns funcionários da Globo em um grande perrengue. As autoridades declararam que na verdade, quem teria dado a permissão para a entrada de Élcio, acusado de participar do assassinato contra Marielle, foi Ronnie Lessa e não o presidente do Brasil.

Publicidade
Publicidade

A matéria divulgada logo repercutiu e chamou a atenção da Justiça, que agora quer que William Bonner e a equipe do Jornal Nacional prestem depoimento. A cúpula da Globo, que envolve nomes como Ali Kamel, Carlos Henrique Schroder e Roberto Irineu Marinho.

O deputado José Medeiros, do Mato grosso, é quem irá ouvir o que William e sua equipe têm a dizer sobre as informações relatadas no noticiário da emissora carioca.

A cúpula irá ser ouvida na CPI das Fake News, Comissão Parlamentar de Inquérito conduzida pelo Poder Legislativo para evitar ou punir notícias falsas. José Medeiros se pronunciou publicamente sobre o assunto e declarou: “Eles estão querendo criar um clima de balbúrdia que não existe no Brasil”.

Publicidade
Avatar

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.

Next post

Ator de Coringa é favorito ao Oscar; mas enfrenta super concorrência

Passado de Kate Middleton mostra o que ninguém esperava