in

A Escrava Isaura (RecordTV): após armadilha de Leôncio, Conde Campos morre

RecordTV
Publicidade

Nos próximos capítulos de A Escrava Isaura, na RecordTV, Conde Campos (Carlos Briani) morre, após ser vítima da armação de Leôncio (Leopoldo Pacheco).

Conde Campos havia marcado um duelo com Leôncio no intuito de limpar a honra de sua esposa, no entanto, acabou se dando mal. Após uma armação do fazendeiro, o homem foi atingido por dois disparos, que acabará culminando em sua morte.

Publicidade

Depois de levar os tiros, Conde Campos será levado para casa, porém, em estado grave. Em seguida, um médico será chamado para examiná-lo, revelando a real situação. Tomásia (Mayara Magri), que estará atordoada com o ocorrido, terá uma chocante notícia.

Tomásia descobre que Conde Campos tomou dois tiros

O médico afirmará que Campos tomou dois tiros, sendo o primeiro de Leôncio. Muito debilitado, o homem fará um último pedido para sua esposa, alegando que quer morrer em paz. Nesta hora, Tomásia chorará desesperadamente.

Publicidade

Tomásia promete vingar morte de Campos

A condessa tem certeza que o marido está morrendo, mas nada pode fazer para impedir que isso aconteça. Dizendo que o ama, Tomásia promete vingar a morte dele. A ideia é fazer Leôncio pagar por todos os crimes que cometeu.

Em seguida, ela diz que continuará amando Conde Campos, que antes de terminar o que começa a falar, morre. A cena ainda não tem data de exibição prevista para ir ao ar. A Escrava Isaura foi exibida em 2004, mas está de volta na grade de programação da RecordTV.

O folhetim, escrito por Thiago Santiago, é exibido de segunda a sexta, por volta das 15h, logo após o Balanço Geral, com apresentação de Geraldo Luís. 

Publicidade
Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Ana Hickmann zomba de quem recebe Vale Refeição e causa revolta na web

Éramos Seis (Globo): recebendo orientações sobre Júlio, Carlos recebe presente arrasador