in

Filme sobre Hebe alcança excelente índice de aprovação; assista ao trailer

SBT
Publicidade

Há 7 anos, em setembro de 2012, os brasileiros se despediam de Hebe Camargo. Ela de longe era a Rainha da TV brasileira, sendo por muitos considerada como a pessoa mais amada do mundo televisivo. 

O filme em homenagem à apresentadora marcou impressionantes 87% de aprovação popular, segundo a Wikipédia. Estrelado pela atriz Andrea Beltrão, a atração que leva o nome da diva, foi lançado neste ano. Um marco e a principal homenagem eternizada após estes sete anos da perda de Hebe.

Publicidade

Hebe nasceu em 1929, em São Paulo. Começou sua carreira como cantora, mas logo viu surgir um leque de possibilidades para demonstrar todo seu talento. Ela já trabalhou como atriz, radialista, cantora e humorista, até finalmente se consolidar com a apresentação de programas.

Hebe faleceu aos 83 anos, em 29 de setembro de 2012, sendo vítima de uma parada cardiorrespiratória e morreu enquanto dormia, o que pegou o Brasil inteiro de surpresa. Ela ainda viu sua saúde ficar debilitada após ter sofrido de um câncer no começo de 2010.

Publicidade

Hebe esteve no nascimento da TV

Já no lançamento da TV Tupi, em 1950, Hebe esteve ao lado do fundador Assis Chateaubriand, nesta época, ela cantava e já era sucesso nas rádios, migrou para a TV tão logo a mesma ‘nasceu’.

Foi a primeira apresentadora televisiva

Em 1955, ela comandou um programa intitulado ‘O Mundo é das Mulheres’, voltado exclusivamente ao público feminino, uma enorme aposta da época, isto já na TV Paulista.

Ingressou na TV aos 26 anos

Toda esta demonstração de força se deu quando ela ainda era muito jovem, mesmo aos 26 anos já estava se consumando como pioneira na TV, algo que poderia ter sido dado a outro nome com ‘mais experiência’, mas valeu o talento e desenvoltura.

Publicidade
Avatar

Escrito por Mari

Alguém que curte escrever sobre entretenimento e diversidades.

Next post

Adriano Imperador curte momento íntimo ao lado de jovem de 22 anos, estudante de medicina

Felipe Araújo diz que não perdeu contato com Cristiano Araújo mesmo após a morte