in

Resumo Ouro Verde (Band) 4/11: Arnaldo descobre que Jorge é pai

Band
Publicidade

Em Ouro Verde, no capítulo de segunda-feira, 4 de novembro, na tela da Band, Arnaldo descobre que Jorge tem um filho.

Ainda neste capítulo, Bia conta para Mônica sobre o que está rolando entre Miguel e Vera, mas toma choque ao descobrir que ele mantém um relacionamento com Rita, porém, é proibida por sua mãe de se intrometer no assunto.

Publicidade

Rita escuta os lamentos de Antonio, que fala sobre os erros cometidos, mas que está disposto a consertá-los. Miguel encontra Vera, que não presta atenção em nada do que ele está lhe contando, pois sua mente está voltada para a revelação feita por Nenem.

Posteriormente, Vera procura Nenem, revelando que teve um filho, mas não sabe nada sobre o paradeiro dele. Nenem, no entanto, confessa que não pode fazer nada por ela, pois os búzios não irão revelar o local que o filho dela mora.

Publicidade

Jorge faz pedido para Arnaldo

Enquanto isso, Jorge insiste com Arnaldo, querendo que ele arrume uma maneira de encontrar seu filho, pois tem o direito de saber o que aconteceu com ele. Arnaldo não consegue acreditar que ele esteja se baseando na sensitividade de uma mãe de santo.

Para conseguir ajudar Henrique, Sol resolve devolver sua cadelinha e pegar a recompensa. Gonçalo e Inês descobre que Sol desapareceu, ficando em pânico. Antonio decreta o fim de seu relacionamento.

O executivo vai embora de sua casa. Posteriormente, Nenem vai atrás de Jorge, alegando que os orixás revelam a adoção e seu filho. Jorge nem imagina que a mulher está mentindo para ele.

Na Band, Ouro Verde está sendo exibida de segunda a sábado, por volta das 20h25, após o Jornal da Band.

Publicidade
Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Mesmo com celular hackeado, Adriane Galisteu diz não se importar com vazamentos de fotos

Thyane polemiza ao declarar que Wesley não traíu Mileide: ‘Não existe adultério’