in

Resumo Topíssima (RecordTV) 05/11: Andrea descobre que Sophia é acusada de matar Lara

RecordTV
Publicidade

No capítulo de Topíssima, nesta terça-feira, 5 de novembro, na tela da RecordTV, Andrea descobre que Sophia está sendo acusada de matar Lara.

Ainda neste capítulo, Sophia leva um tiro de raspão, após Pedro atirar contra ela. André pede para Pedro parar com os disparos, mas ele finge não escutar, mirando em Antonio. Conseguindo entrar no carro com Sophia, Antonio foge.

Após ter atitude impulsiva, Pedro é repreendido por André. Depois de fugir, Antonio desiste e resolve se entregar. Enquanto isso, Sophia é leva às pressas ao hospital. Paulo Roberto fica sabendo do assassinato de Lara.

Publicidade
Publicidade

Antonio garante que Sophia não é viciada

No hospital, Antonio afirma que Sophia nunca se drogou. Inês revela para Clementina que Sophia assassinou Lara. Sophia lamenta a perda de sua mãe. Sendo interrogada por André, Sophia alega não lembrar de nada do que aconteceu.

Conversando com Paulo Roberto, Lima entra em desespero, pois fica sabendo que a mãe de Sophia está morta. Com medo de ser apontado como o principal suspeito da morte de Lara, Lima ameaça Paulo Roberto.

Antonio revela morte de Lara para Andrea

O rapaz promete contar tudo que sabe, caso alguém suspeite dele. Sophia recebe o apoio de Carlos e Antonio. Posteriormente, Graça comparece ao hotel para encontrar os peritos. Durante encontro com Andrea, Antonio fica com a difícil missão de avisá-la sobre a morte de Lara.

Ao revelar para a jovem que Lara morreu, Andrea fica incrédula, não conseguindo acreditar que ela tenha morrido. Em seguida, a menina descobre que Sophia está sendo apontada como principal suspeita do assassinato.

Publicidade
Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Resumo As Aventuras de Poliana (SBT) 5/11: Vini pede Mirela em namoro, mas ela surpreende

Morte de Gugu é anunciada e causa tristeza no público; ele refutou