in

A Que Não Podia Amar: Miguel é assassinado por Bruno

Televisa/SBT
Publicidade

Na última semana da novela mexicana, A Que Não Podia Amar, o personagem Miguel terá um triste desfecho. Cintia conversará com Bruno e dirá que deseja matar Miguel para que Ana Paula sofra. A princípio, Bruno não dará muita atenção, até que Miguel descobre que foi ele quem mandou agredir Gustavo.

Bruno então paga Torto para matá-lo na prisão. Antes de executar o crime, o marginal resolve contar para a vítima quem mandou matá-lo, além de toda a verdade que ele ainda não sabia. O crime não acontece e Miguel consegue o direito de deixar a prisão.

Publicidade

Ao sair, ele procura a tia Rosaura para confrontá-la, afinal, descobrirá que ela foi cúmplice de Bruno o tempo todo. Bruno ficará nervoso com medo do inimigo contar tudo para Rogério e terminar na prisão. E é aí que ele tem a ideia de matar o irmão de Ana.

Bruno dispara contra Miguel, que não resiste ao ferimento e morre no local. Bruno obriga Rosaura a mentir para todos, acusando Cintia pelo crime, e assim a mulher o faz.

Publicidade

Ana Paula ficará arrasada, mas, nos capítulos finais, Rosaura estará tão perturbada ao sonhar com o sobrinho a confrontando que resolve contar toda a verdade para Ana. A moça, como já era de se esperar, fica muito irritada com a tia por ter sido uma mentirosa todo esse tempo.

Final de A Que Não Podia Amar tem redenção

Como consequência, Rosaura é presa e Bruno foge da polícia com Cintia. Dias depois, Ana visitará Rosaura e a perdoará, pois a ligação fraternal das duas falará mais alto do que a raiva por todo o sofrimento que viveu nos últimos anos.

A trama chega ao fim na próxima sexta-feira, 15 de novembro. Os últimos capítulos serão exibidos pelo SBT, a partir das 18h, horário de Brasília.

Publicidade
Avatar

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades

Next post

Previsões amorosas do Horóscopo do Dia de todos os signos neste sábado (09)

A Que Não Podia Amar: Gustavo tenta salvar Ana Paula e é assassinado diante dela