in

Sandra Annenberg ganha Melhores do Ano, quebra protocolo e emociona a todos

Foto: Rede Globo
Publicidade

Sandra Annenberg surpreendeu em sua participação no evento Melhores do Ano 2018, onde foi a grande vencedora do troféu pela categoria Jornalismo. A âncora do Jornal Hoje interrompeu o apresentador Fausto Silva e pediu para falar sobre o vestido que escolheu para a ocasião.

“Esse ano eu fui uma das trinta mobilizadoras do Criança esperança e eu fui em três instituições em São Paulo e na CESA Capuava. Eles trabalham com crianças e jovens com espectro autista e algumas pessoas com deficiência. Eu conheci um menino de 21 anos que o desenhou”, disse ela.

Segundo a jornalista, ela ficou em dúvida sobre em que ocasião poderia usar o modelo criado pelo jovem. Foi então que sua filha, Elisa, a aconselhou a mandar confeccionar a peça desenhada pelo rapaz para o Melhores do Ano, o que ela prontamente atendeu.

Publicidade
Publicidade

“Ele desenhou um vestido longo, de gala, lindo, mas eu não tinha onde usar. Quando fui indicada ao Troféu Domingão, minha filha me lembrou dele. Procurei a produção do ‘Domingão’ e o pessoal do figurino, eles toparam o desafio, fizeram o vestido e cá estou”, afirmou.

Troféu Melhores do Ano 2018 – Jornalismo

Sandra disputou o troféu pela categoria jornalismo com os grandes nomes William Bonner e Renata Vasconcellos. A vencedora é apresentadora do Jornal Hoje há 20 anos e dedicou o troféu aos colegas de profissão: “Queria dividir esse prêmio com todos os jornalistas porque foi um ano difícil e oferecer esse prêmio à liberdade de expressão, de imprensa e de escolha. Principalmente aos direitos iguais e humanos”, comentou.

Carreira no jornalismo

Aos 23 anos, Sandra entrou para a TV Globo de São Paulo como garota do tempo do telejornal São Paulo. No mês seguinte, começou a apresentar a previsão do tempo no Jornal Nacional, tornando-se a primeira mulher a ter um quadro fixo no e a estar todos os dias no JN.

Em abril de 1993, passou a dividir a bancada do Fantástico com Celso Freitas e Fátima Bernardes. Depois de três anos apresentando o programa, feito no Rio de Janeiro, Sandra pediu. voltou para São Paulo, onde entre 1996 e 1997 tornou-se apresentadora e editora-executiva do jornal SPTV 1ª Edição.

Em 1997, acumulou as funções de apresentadora e editora-executiva do Jornal da Globo. Em 1998, foi para o Rio de Janeiro para assumir o comando do Jornal Hoje.

Publicidade
Avatar

Escrito por Higor Mendes

Corretor de Imóveis, cursou até o 3º semestre de Engenharia de Pesca na Universidade Federal Rural da Amazônia e atualmente é graduando em História na UNP. Apaixonado por História da Segunda Guerra Mundial, Política, Futebol e curiosidades em geral.

Next post

Confira todos os lançamentos e novidades Netflix desta semana (10/12 a 16/12)

Com câncer, cantora gospel Ludmila Ferber realiza último show de 2018