in

As 5 melhores séries criminais que você não pode deixar de assistir

Publicidade

As séries de televisão se popularizaram no Brasil nos últimos anos, especialmente após a chegada da Netflix, que simplificou a vida dos viciados em entretenimento. Segundo levantamento feito pela plataforma de streaming, a população brasileira está na lista dos países que mais maratonam seriados, com a 10º colocação. 

Um dos estilos preferidos dos brasileiros é o criminal, com mistérios e investigações envolventes. Pensando nisso, selecionei as cinco melhores séries do gênero que você não pode deixar de assistir. Confira abaixo!

Publicidade

Criminal Minds (CBS)


Uma das séries norte-americanas mais longas da TV, Criminal Minds acompanha a rotina de vários funcionários da Unidade de Análise Comportamental (UAC), do FBI. Como o próprio nome sugere, os agentes estudam o passado e o comportamento dos criminosos, o que costuma ajudar na captura dos suspeitos. O principal diferencial do seriado é a possibilidade que o público tem de entrar na mente dos unsubs (unknown subject of an investigation), além de compreender a vitimologia e entender como diversos acontecimentos influenciam no modus operandi dos assassinos.

Outro aspecto que diferencia Mentes Criminosas é o fato de que nem todos os episódios contam com finais felizes. Muitos serial killers que realmente existiram são citados constantemente para amarrar a história, como Ted Bundy e David Berkowitz (mais conhecido como Filho de Sam). A série também vale a pena ser assistida pela genialidade do Dr. Spencer Reid, interpretado por Matthew Gray Gubler.

Publicidade

Criminal Minds já tem 314 episódios, mas, em 2020, a CBS exibirá a 15ª e última temporada do seriado. 

Número de temporadas (até o momento): 14 

Número de episódios (até o momento): 314

Não está disponível no catálogo da Netflix. 

Peaky Blinders (BBC)


Se o elenco com Cillian Murphy (Batman Begins e A Origem), Sam Claflin (Como Eu Era Antes de Você e Jogos Vorazes), Helen McCrory (Harry Potter e A Rainha) e Tom Hardy (Mad Max e O Regresso) não convencer você a assistir Peaky Blinders, não se preocupe: existem muitos motivos para acompanhar a série. 

O seriado segue a vida da família Shelby, composta por uma gangue da cidade de Birmingham, na Inglaterra, após a Primeira Guerra Mundial. A química entre os irmãos Shelby’s é um dos pontos fortes da história, que ainda traz personagens femininas empoderadas. A trama, além de ser bem construída, tem uma fotografia excelente. Um aspecto que torna tudo ainda mais interessante é que os Peaky Blinders realmente existiram.

Número de temporadas (até o momento): 5

Número de episódios (até o momento): 30

Disponível no catálogo da Netflix. 

Broadchurch (ITV)

Produzida pelo canal ITV, Broadchurch é uma série britânica pouco conhecida no Brasil, mas tem um enredo envolvente. A primeira temporada é a melhor da história, com a investigação acerca do assassinato de um garoto de apenas 11 anos. Para melhorar, os dois policiais responsáveis pelo caso são complexos, e muito bem representados pelos talentosos David Tennant (ex-protagonista de Doctor Who) e Olivia Colman (vencedora do Oscar pelo seu papel em A Favorita).

Outro ponto que merece ser destacado é a atuação de Jodie Whittaker, atualmente no ar como a protagonista de Doctor Who. Em Broadchurch, a atriz interpreta a mãe do menino assassinado.

Número de temporadas: 3


Número de episódios:
24

Não está disponível no catálogo da Netflix. 

Sherlock (BBC)

Adaptado da obra de Sir Arthur Conan Doyle, o seriado é uma versão modernizada da história de Sherlock Holmes, já que se passa nos dias atuais. Seguido por John Watson, seu fiel escudeiro, o detetive mais famoso do mundo presta auxílio à polícia de Londres para desvendar os mais variados crimes.

Na série, a dinâmica entre Benedict Cumberbatch e Martin Freeman funcionou tão bem que a dupla foi lançada ao estrelismo. A escolha de Andrew Scott para o papel do vilão Moriarty também foi certeira, e todos esses ingredientes contribuíram para o desenvolvimento de um dos episódios mais célebres da TV: o ‘The Reichenbach Fall’. 

A quinta temporada de Sherlock é tratada como ‘difícil de acontecer’, mas não está descartada.

Número de temporadas: 4

Número de episódios: 13
Disponível no catálogo da Netflix. 

Dexter (Showtime)


A série é centrada em Dexter Morgan, um serial killer que trabalha como especialista forense para a polícia de Miami. O psicopata, no entanto, tem um código de conduta: matar apenas bandidos que tenham escapado de alguma forma da Justiça. 

Embora tenha tido um final polêmico, Dexter conseguiu se sustentar ao longo dos anos, em boa parte graças à atuação inesquecível do ator Michael C. Hall. O carisma do personagem faz com que o público sinta empatia, principalmente após as revelações sobre o passado do assassino. 

Número de temporadas: 8

Número de episódios: 96
Não está disponível no catálogo da Netflix. 
Publicidade
Next post

Gusttavo Lima abre o jogo sobre sua grave doença: ‘praticamente morto’

Resumo Malhação (18/11): Marco abre os olhos de Cléber sobre Tatoo e Anjinha