in

Saiba quais são as 10 novelas mais reprisadas pelo SBT

Televisa/Montagem R7
Publicidade

O SBT é pioneiro na exibição de novelas estrangeiras no Brasil, bem como de fazer remakes de tramas de outros países. A maior parte das novelas exibidas pela emissora são mexicanas, mas também já exibiu produções de outros países, como Argentina e Colômbia.

Algumas das novelas da casa agradam tanto o público que acabam ganhando reprise, mas não se trata de uma mera nova exibição da trama, e sim de várias delas. Há tramas que mal estão terminando e muita gente já quer ver na tela do SBT novamente.

Abaixo segue uma lista com as 10 novelas mais reprisadas pelo SBT.

Publicidade
Publicidade

Maria do Bairro

Essa é clássica. A trama que conta a história da menina pobre que se torna rica (enredo típico dos dramalhões mexicanos) foi exibida pela primeira vez no Brasil em 1997. A novela fez tanto sucesso que no mesmo ano começou a sua primeira reprise. Entre 1997 e 2015 foram sete exibições da trama, sendo que a última foi direcionada apenas aos estados que não possuem programação local no início da tarde.

A Usurpadora

A história de ambição e traições de Paola Bracho, que obriga sua irmã gêmea Paulina Martins a ocupar seu lugar por um ano, enquanto ela se diverte com o amante no exterior, é tão apreciada pelos brasileiros que se igualou a Maria do Bairro e completou sete exibições no Brasil.

Marimar

A atriz Thalia, protagonista de Maria do Bairro, também é a estrela principal da história de Marimar. A trama foi exibida no país em 1996 e desde então ganhou quatro reprises. Pelo SBT a novela foi exibida cinco vezes, mas o que talvez muito telespectador da emissora de Silvio Santos não saiba é que a mesma trama também foi exibida uma vez pela CNT, totalizando seis apresentações no Brasil.

Chispita

Nem todo mundo já viu essa trama, pois é da década de 80, mas foi protagonizada por uma atriz muito conhecida pelos telespectadores do SBT: Lucero. A trama foi exibida em 1984, ganhando reprises em 1985, 1992 e 1996. Em 1997 foi exibida pela CNT, totalizando cinco exibições no Brasil, quatro delas pelo SBT.

O Privilégio de Amar

A história de uma moça que é fruto de um romance rápido entre uma empregada e um homem prestes a ser ordenado padre, foi exibida no Brasil quatro vezes. Essa foi um dos últimos trabalhos da protagonista Adela Noriega.

Rubi

Rubi Perez, conhecida por Toledo, seu fiel escudeiro, como a descarada, ganhou o coração dos telespectadores brasileiros e de diferentes partes do mundo. A novela foi exibida no Brasil quatro vezes. Essa foi a última novela feita pela atriz Bárbara Mori, que interpretou Rubi.

Pérola Negra

A trama protagonizada por Patrícia de Sabrit e Dalton Vight ganhou quatro exibições na tela do SBT, sendo a primeira em 1998 e a última em 2015. A versão original teve 197 capítulos, enquanto a última sofreu cortes e foi reduzida para 120 capítulos.

Canavial de Paixões

Outra trama brasileira, a novela foi exibida pela primeira vez em 2003, ganhando sua primeira reprise dois anos mais tarde. Em 2010 e 2012 a trama voltou a grade de programação da emissora, totalizando quatro exibições.

Carrossel (México)

A versão original da novela infantil foi exibida pelo SBT três vezes. Mais tarde o SBT comprou os direitos para fazer um remake bem diferenciado na emissora, durando bastante tempo no ar e tendo Larissa Manoela como protagonista.

Carrossel (Brasil)

O remake brasileiro foi ao ar entre 2012 e 2013. Um mês após chegar ao fim, a trama voltou a ser exibida pelo SBT, devido aos elevados índices de audiência do folhetim. Por motivos internos, o SBT decidiu tirar a novela do ar antes do término, mas não foi por uma questão de audiência, já que a novela ia bem em novo horário. Voltou a ser exibida em 2015 e depois em 2018, chegando ao fim em março de 2019. Ao todo foram quatro exibições.

Publicidade
Avatar

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades

Next post

Médicos tentam salvar Mamma Bruschetta e ela sofre parada cardíaca

Fotos do enterro de Bunitinho do Sextou são divulgadas; até Jojo Todynho foi a velório