in

Espelho da Vida: Piedade é humilhada por marido machista ao ser elogiada por padre

Globo
Publicidade

Nos próximos capítulos da novela Espelho da Vida, Piedade (Júlia Lemmertz) passará por uma daquelas nas mãos do marido que é completamente antiquado e machista.

Ao mostrar toda sua habilidade no piano, Piedade acabará sendo vítima do próprio marido que vai tentar de tudo para que ela se sinta uma mulher inferior e submissa a ele. 

Tudo começa quando Cris (Vitória Strada) volta ao passado e vê sua mãe tocando ao piano, com pouca prática por causa da repressão que sofre do marido. A mãe de Cris que no passado é Júlia deixará todos encantados, incluindo o Padre Luiz (Ângelo Antônio), que elogiará o talento da mulher. 

Publicidade
Publicidade

Gustavo Bruno (João Vicente de Castro) que também estará presente no local na hora em que a mãe de sua prometida estiver tocando, também elogiará os dons que ela tem para tocar. Acontece que Eugênio (Felipe Camargo) chegará bem na hora dos elogios e não gostará nada do que vê.

Alain pede Cris em casamento

A novela também sofrerá uma grande reviravolta nos próximos capítulos. De acordo com as informações do colunista Daniel Castro, Alain personagem no presente de João Vicente de Castro, vai recuperar a consciência após ter sofrido o acidente de carro e pedirá Cris em casamento. Arrependida por ter terminado seu romance com o diretor por causa de Danilo (Rafael Cardoso), ela aceitará subir ao altar com ele.


Isabel dopa Cris

A decisão no entanto, acabará despertando a fúria de Isabel (Alinne Moraes), que não gostará nada e fará de tudo para impedir que o casamento dos dois aconteça. O primeiro ato da jornalista será dopar Cris para que ela não vá buscar o noivo no dia em que ele tiver alta.

Publicidade
Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Sétimo Guardião: Valentina enfrenta Gabriel e filho fica intrigado com mistério do casarão

O Sétimo Guardião: Sampaio mata León com requintes de crueldade