in

Record insiste em usar nome de Gugu Liberato por audiência e apela até para choro

Record
Publicidade

A morte de Gugu Liberato continua sendo pauta da Record TV.  Nesta quarta-feira, 25 de dezembro, a Record fez a ‘Retrospectiva dos Famosos 2019’, cujo ponto central era o acidente doméstico de Gugu Liberato, que resultou em sua morte. Desde que Gugu morreu, inúmeros programas tem sido feitos – com o argumento de que a memória de Gugu precisa ser lembrada – mas cujo objetivo final, como qualquer programa, é o Ibope. 

Record apela para Gugu Liberato em programas após morte do apresentador

Primeiro, a Record teve a ideia de exibir o ‘Canta Comigo’, mesmo após a morte do comunicador. A desculpa, àquela altura, era que mostrar a atração era uma homenagem a Gugu Liberato. Não exibir o programa acarretaria prejuízos e o episódio após a morte de Gugu foi, justamente, o de maior Ibope da temporada. Ou seja, também o mais rentável. 

Depois, foi a vez do ‘Amigo Secreto da Record’. O canal gravou esse programa já com Gugu morto. Apresentadores do canal tiveram a missão de ficar falando de um assunto difícil. Quando alguém da família morre, não é comum que se entregue presente a essa pessoa. 

Publicidade
Publicidade

Gugu Liberato: Record entrega presente a apresentador morto

A emissora, no entanto, fugiu a lógica e insistiu na ideia. Ticiane Pinheiro entregou o presente de Gugu à família, que está em pé de guerra após o testamento de Gugu ser aberto. Marcos Mion chorou ao descobrir que Gugu o tirou no Amigo Secreto. 

Na época, a gravação do programa chegou a ser interrompida. O mesmo Marcos Mion agora apareceu na retrospectiva, lembrando novamente a morte de Gugu. 

Publicidade
Avatar

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Next post

Resumo Meu Coração é Teu (27/12): Nícolas socorre Bruno, que é preso por grave infração

Bárbara Paz faz emocionante declaração sobre acidente de carro que deixou cicatrizes