in

Netflix e o problema que estes serviços estão aumentando

Netflix
Publicidade

Os famosos download via torrent voltaram com tudo nos últimos meses. Esse não é um cenário tão inimaginável assim, o número cada vez maior de serviços de streaming fez com que produções antes divididas entre os canais de TV, agora se dividissem em serviços pagos, cada um em seu preço. De 20 reais daqui, 30 dali e 10 de lá, os valores passaram a ser inviáveis para boa parte do público no Brasil e pelo mundo.

Esse é um processo que tem sido chamado de “balcanização do streaming”. Vendo o crescimento e potencial dos serviços de streaming, todos os estúdios passaram a querer ter o seu serviço, com seu conteúdo, porém se esqueceram do público. O usuário não tem como pagar tantos serviços assim. 

Publicidade

Mas até certo ponto, a Netflix, uma das primeiras no ramo, nunca teve todas as séries disponíveis em seu catálogo, o que explica ainda sim a queda da pirataria? Simples, serviços de streaming como a própria Netflix, a Amazon Prime e outros ofereciam ao consumidor um bom acervo de filmes, séries, desenhos e documentários por um preço baixo a ponto de não valer a pena para as pessoas baixarem seus conteúdos piratas (correndo risco de baixar vírus ou não conseguir terminar o download) e ainda correr atrás de legendas. 

A comodidade de chegar em casa após um dia de trabalho ou estudos, ligar a TV e instantaneamente assistir uma boa série ou filme fez com que o público deixasse pra lá todo aquele perrengue de baixar conteúdo pirata. 

Publicidade

Agora, a partir do momento que os estúdios criaram seus serviços de streaming, serviços como Netflix e Amazon passaram a perder conteúdo em seus catálogos, ficando apenas com as suas próprias produções e algumas outros de terceiros. Isso fez o conteúdo de interesse do público se espalhar entre vários serviços, cada um com seu preço. E como já comentado, não é possível sair pagando por todos eles. 

Não seria mais interessante para esses estúdios se unirem em um único serviço de streaming? Não seria mais inteligente? Talvez sim, mas o fato é que por hoje o mercado vai nessa direção de retorno da pirataria e de uma substituição: se antes os canais de TVs dividiam suas produções, hoje isso fica por conta dos serviços de streaming. 

Publicidade
Avatar

Escrito por Mari

Alguém que curte escrever sobre entretenimento e diversidades.

Next post

Luto na Band: apresentador Rodrigo Werner morre de infarto; canal emite comunicado

Horóscopo do Dia: saiba tudo que vai rolar para o seu signo (28)