in

Val Marchiori põe ex-marido na prisão por não pagar pensão, valor beira o milhão

Publicidade

A Constituição do Brasil é por considerada arcaica e branda, mas existe uma lei que realmente funciona e é a lei que obriga os progenitores a fornecer meios de sobrevivência aos filhos por meio de uma pensão alimentícia.

A pensão alimentícia é vital para que os filhos de pais separados tenham direito ao acesso à educação, saúde e alimentação e quando esse benefício não é fornecido pelo pai, a polícia detém o indivíduo até que a pensão seja paga.

Evaldo foi preso neste sábado

Na tarde deste sábado, 28 de dezembro, a assessoria de imprensa da socialite Val Marchiori informou que o ex marido da empresária foi preso pela polícia devido a falta de pagamento de pensão alimentícia aos gêmeos que o casal teve enquanto estavam unidos, Evaldo Ulinski tem 74 anos e foi detido na manhã desse sábado na cidade de Barra Velha (PR).

Publicidade
Publicidade

Valor devido é quase milionário

Ainda na nota, foi divulgado que o ex-marido da empresária já tinha um mandado de prisão expedido e que ele foi detido pela polícia segundo informações, ele tentava deixar a cidade que fica próximo à Curitiba. Segundo Val Marchiori, a pensão estava atrasada há quase um ano. O valor mensal estipulado para o pagamento de pensão das duas crianças era de R$60 mil, ou seja, o empresário deve aos filhos aproximadamente R$700 mil reais. 

O empresário deverá ficar preso até que os valores sejam quitados e tudo volte a ficar em ordem para as duas crianças que hoje tem 14 anos. Val esteve casada com Evaldo por 10 anos e desde 2013 estão separados.

Publicidade
Avatar

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.

Next post