in

Verão 90: criação de TV e aliança de vilões será o pontapé inicial da trama

Globo

Desde que retornou ao Brasil, após passar um longo tempo fora do país, Quinzinho (Caio Paduan), da nova novela das sete Verão 90, alimenta o sonho de criar uma emissora de TV de videoclipes.

Dinheiro para ele é o que não falta, pois, é herdeiro de uma das famílias mais ricas e tradicionais do Rio de Janeiro. Para conseguir levar seus planos a diante, ele contará com o apoio da mãe, Mercedes (Totia Meireles).

A partir dessa ideia surge a PopTV, canal voltado para a música. O lançamento da emissora chama a atenção do público jovem, que fica encantado com o conteúdo do canal. Se Quinzinho já era muito admirado, depois de sua criação ele passa a ser visto com um gênio. O novo empreendimento acaba gerando uma publicidade enorme, e o rapaz começa a tirar várias fotos para jornais e revistas de todo o país.

As imagens correm solta e acabam chamando a atenção de Jerônimo (Jesuíta Barbosa), que se motiva a deixar Armação do Sul rumo ao Rio de Janeiro. O plano do rapaz é um só, conseguir ficar amigo do dono da emissora para se tornar um dos executivos do canal.

Canal de TV vira febre do momento em Verão 90

A PopTV arremata uma legião de fãs, que ficam enlouquecidos com os programas da casa. O canal também será o grande objeto de desejo de Vanessa (Camila Queiroz), que sonha em ser VJ. Ao decorrer da história de Verão 90, ela se envolverá com Jesuíno, no intuito de unirem forças.

Violões de Verão 90 unem forças para alcançar objetivos

A nova trama das sete, Verão 90,  é escrita por Izabel de Oliveira e Paula Amaral, com direção artística de Jorge Fernando. A estreia está prevista para o próximo dia 29, substituindo a atual novela exibida no horário, O Tempo Não Para.

Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Aviões Fantasy terá primeira edição fora de Fortaleza; saiba onde

Izabella Camargo fala de síndrome de burneout e depressão