in

Será Frozen 2 a revelação de um universo compartilhado da Disney?

disney

Foi com grande barulho que foi publicado o teaser da continuação de Frozen, uma aventura congelante, e o trailer, já um dos mais vistos do youtube para animação no período de 24 horas, mostra a Rainha Elsa ilhada em um local deserto junto ao mar, com céu encoberto, tentando escapar usando seus poderes, sendo derrubada a cada onda que bate. 

Em paralelo, são mostrados novos personagens dentro de um vendaval, sendo que durante todo o trailer se conseguem ver as outonais folhas secas e avermelhadas, inclusive no logo do filme. Boatos sugerem que serão revelados personagens que teriam o controle dos ventos – sim, isso está parecendo Avatar – como se os ventos representasse o outono, já que o gelo representa, obviamente, o inverno. 

Ainda no trailer, Elsa usa seus poderes para apagar um incêndio em forma de coração. Seguindo essa teoria, Fogo e paixão (coração? Um pretendente para Elsa?) – não, não uma música de Sydney Magal – se revelaria a existência de um vilão que representaria o verão.  

Inverno, Outono, Verão. Fica faltando a Primavera se revelar. A não ser que já tenha sido revelada, no primeiro Frozen. Será? Em 2013, logo quando os portões de Arandelle são abertos, no início do longa, uma grande fila de pessoas começa a entrar, e no meio deles, Rapunzel e Flynn passam brevemente pelos portões. Mas o que eles tem a ver com Arandelle? Simples, os pais de Elsa e Ana faleceram 3 anos antes indo justamente ao casamento deles. E de quando é o filme Enrolados? 2010, batendo a cronologia perfeitamente. E Rapunzel tem um cabelo mágico, que confere vida e viço para as flores e flora em geral – o que seria um perfeito poder para a primavera. 

Vale lembrar que não é a primeira vez que as princesas são colocadas juntas – em Detona Ralph: quebrando a internet, as princesas já estão todas juntas no Camarim, o que facilita ver como o desenho de Elsa e Rapunzel (e Moana para esses fins) é parecido. Se pensar que Frozen é o primeiro filho do casamento Disney Pixar, e a Pixar já insinuar há anos que todos seus filmes são compartilhados, a teoria começa a ganhar corpo. E mais, para o bem ou para o mal, o estúdio que iniciou o bem sucedido compartilhamento de universos também é da casa – Marvel Studio, e se tem uma coisa que a Disney faz é saber evoluir. 

Que chegue Janeiro de 2020 para ver se a teoria faz sentido.

Avatar

Escrito por Bene!

Um curioso acima de tudo. Amante das artes, busco viver sem rótulos e explorar o que a alma pede. Escrevo sobre o que gosto, amo, odeio, me faz pensar e me faz sentir. Espero que minhas ideias, palavras e ações sejam meu legado. Bem vindos e espero que gostem. Críticas, dúvidas e sugestões: falecomobene@gmail.com

Next post

Umbrella Academy é a série que todos devem ver

Marina quebra silêncio e revela verdade sobre envolvimento na separação de José Loreto