in

Resumo O Rico e Lázaro (12/03): Nitócris rouba, mas é pega em flagrante por Sammu

RecordTV
Publicidade

No capítulo de O Rico e Lázaro, na tela da RecordTV, nesta quinta-feira, 12 de março, Sammu flagra Nitócris roubando.

Publicidade

Ainda no mesmo capítulo, Lia tenta tranquilizar Nitócris, alegando que jamais deixará de ajudá-la. Nabonido comunica a ordem dada pelo rei, que exigiu a morte de Shamiran e as filhas. Zelfa defende Absalom para Ravina.

Publicidade

Acreditando que o rapaz está amando Dana, ela pede que Ravina deixe-o noivar com Dana. Shag-Shag vai até à cidade para tentar conversar com Arioque. Mesmo não suportando conviver com Sammu, Ntócris é obrigada a aturar as provocações dela, afinal, a sacerdotisa se tornou a nova rainha da Babilônia.

Fassur retorna para sinagoga, em O Rico e Lázaro

Matias, acompanhado de Gadise e Saul, se despede de sua família, partindo para outra cidade. Radiante, Zac comunica para sua família a promoção recebida, revelando que é o novo governador do rei. Nebuzaradã e Sammu retornam do enterro de Evil e Amitis, não dando tempo para os escravos se acostumarem com o novo mandatário.

Publicidade

Posteriormente, Zac encontra Beroso, afirmando que encontrou a pessoa ideal para conseguir acabar com Asher de uma vez por todas. Fassur consegue retornar para sinagoga, sendo consagrado o novo administrador do local.

Nitócris invade quarto de Amitis

Durante conversa com Benjamin, Arioque começa a passar mal. Joana pede para visitar Asher, tendo ajuda de Lia para conseguir entrar no palácio. Nitócris entra no quarto de sua mãe, roubando os pertences dela, mas acaba sendo flagrada por Sammu. Joana fica chocada ao saber que Zac virou governador.

Publicidade
Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Resumo Caminhos do Coração (12/03): Maria tem difícil batalha contra Taveira

Gloria Maria chora e declara paixão por Pedro Bial após tumor no cérebro: ‘Te amo, Pedro!’