in

RecordTV escala atores de O Rico e Lázaro para Gênesis, nova produção bíblica da casa

RecordTV
Publicidade

Gênesis, nova aposta bíblica da RecordTV, terá em seu elenco vários atores de O Rico e Lázaro, atual reprise do canal paulista.

Publicidade

A partir de abril, o público começará a acompanhar Gênesis, nova produção bíblica da RecordTV, que desde agosto do ano passado, com o fim da macrossérie Jezabel, vem exibido a reprise de O Rico e Lázaro.

Publicidade

O novo folhetim que está sendo desenvolvido por Camilo Pelegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro, ocupará o lugar da trama, originalmente exibida em 2017. A novela seria escrita por Renato Modesto, no entanto, o autor acabou se afastando da obra por causa de Cristiane Cardoso, filha de Edir Macedo, que vem interferindo nas produções da casa.

Nove atores de O Rico e Lázaro estarão na nova produção da RecordTV

No elenco da nova produção, o público poderá ver alguns atores da trama de Paula Richard, fazendo com que os telespectadores continuem com os mesmos rostos no horário. Além de Adriana Garambone e Ângelo Paes Leme, mais sete atores do elenco de O Rico e Lázaro estarão em Gênesis.

Publicidade

Igor Rickli, um dos protagonistas da atual reprise bíblica do canal, estará na nova novela, além de Cássia Linhares, Zé Carlos Machado, Tammy Di Calafiori, André Luiz Miranda, Tião D’Ávila e Pérola Faria.

Gênesis contará com Maria Maya, filha de Wolf Maya, no elenco

Mesmo apostando em atores já conhecidos da casa, a emissora apostará em caras novas. Conhecidas por seus trabalhos na Globo, Maria Joana, Maria Maya e Antônia Moraes também encabeçarão o elenco da trama. A direção ficará sob a responsabilidade de Edgard Miranda, mesmo diretor de O Rico e Lázaro.

Publicidade
Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Caminhos do Coração: Aquiles sente a fúria de Fernando, que vira cobra para matá-lo

O Rico e Lázaro: morte de Belsazar vira prioridade de Sammu e Nebuzaradã