in

Datena pergunta ao vivo se Bolsonaro dará ‘golpe’ e resposta do presidente surpreende

Bandeirantes
Publicidade

Nesta sexta-feira, 27 de março, a entrevista do presidente Bolsonaro a Datena teve grande repercussão.  O motivo é que Bolsonaro falou sobre um possível golpe militar aqui no país. A conversa foi ao ar durante o Brasil Urgente, da Bandeirantes. 

Bolsonaro dá resposta à Datena e diz se dará golpe militar no Brasil

“Presidente, posso fazer uma pergunta? O senhor promete responder na bucha?”, questionou o apresentador Datena. Foi então que veio a surpreendente pergunta a respeito de um possível golpe de Bolsonaro, implementando um governo militar no Brasil. Bolsonaro surpreendeu Datena ao dar resposta sobre ‘golpe militar’. 

Publicidade

“Quem quer dar o golpe jamais vai falar que quer dar”. disse o presidente, que na sequência garantiu que era um dos defensores da democracia no Brasil. Lembrando que a democracia no Brasil voltou apenas na década de 1980, após vários presidentes militares.

Publicidade

Vídeo: Datena pergunta sobre possível golpe militar ao presidente Bolsonaro

Veja abaixo o vídeo que mostra o momento em que Datena pergunta a Bolsonaro se ele pretende dar um golpe militar no Brasil; o questionamento teve grande repercussão nas redes sociais.

Publicidade

O deputado Ivan Valente, do PSOL, foi uma das personalidades que, através da internet, criticou Bolsonaro. Ele não gostou nada da resposta de Bolsonaro a Datena sobre o golpe militar, como pode ser visto acima. 

“Datena pergunta com todas as letras se Bolsonaro daria um golpe.
Ao invés de negar com veemência, algo que qualquer chefe de Estado honesto faria, ele responde que “quem quer dar um golpe não fala que quer dar”.
Este é o golpista que joga com a vida de milhares de pessoas.

Publicidade
Avatar

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Next post

Bruna Marquezine ataca Bolsonaro, lamenta coronavírus e dá patada em seguidora

Kim Kardashian e a última que ela não queria que ninguém soubesse