in

TV Globo emite comunicado histórico sobre seu jornalismo em tempos de pandemia

G1 / Montagem
Publicidade

A TV Globo tomou uma decisão histórica, ainda que um pouco até atrasada, em relação à pandemia de coronavírus e a cobertura jornalística. A partir desta segunda-feira, 4 de maio, todos os repórteres da emissora que fizerem passagens (momento em que o jornalista aparece no vídeo) e também aparecerem ao vivo precisarão estar com as máscaras de proteção. 

A decisão é dada quase dois meses depois da Organização Mundial de Saúde (OMS) decretar uma pandemia de Covid-19. Emissoras de outros países já adotavam o uso de máscaras. Em alguns canais, até no estúdio, o uso de máscara é obrigatório. Anteriormente, a Globo já havia divulgado que seus jornalistas e profissionais, sempre que não estiverem aparecendo no vídeo já estariam usando máscara. 

Na época, a Globo tomou a decisão baseada em uma orientação da própria Organização Mundial, que agora aconselha as pessoas a fazerem o uso de máscara de proteção. 

Publicidade
Publicidade

Em comunicado, Globo fala em uso de máscara para passar exemplo aos brasileiros

“Diante do agravamento da epidemia, e para dar o exemplo, estimulando o hábito na população, o uso de máscaras por repórteres em todos os vivos e em todas as passagens passa a ser obrigatório’, diz parte do comunicado da TV Globo ao falar sobre o assunto. 

“E agora em diante, os brasileiros verão nossos repórteres nos vivos e nas passagens com máscaras. E se sentirão ainda mais estimulados a usá-las”, diz o comunicado, que é assinado pelo diretor de jornalismo da emissora, Ali Kamel. 

Publicidade
Avatar

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Next post

Resumo Betty, a Feia em Nova York (05/05): Marcela investiga o nome da amante de Armando

Selena Gomez, sem nada de maquiagem, em foto que alucina a todos