in

O dia em que Regina Duarte e Edir Macedo foram parar juntos no Jornal Nacional

TV Globo
Publicidade

Regina Duarte e Edir Macedo são citados no Jornal Nacional. Nesta terça-feira, 5 de maio, o Jornal Nacional acabou citando a atriz Regina Duarte e Edir Macedo durante uma reportagem sobre a possível demissão da atriz da Secretária de Cultura do governo do presidente Jair Bolsonaro. Regina Duarte deixou a TV Globo após mais de 50 anos na emissora. 

O ex-canal da veterana, no entanto, tratou Regina Duarte como ex-atriz e divulgou o vazamento de um áudio em que a famosa aparece desesperada. Ela conversa com uma secretária, que diz que o dono da Record TV, Edir Macedo, teria incentivado a troca na Secretaria de cultura e que ela poderia ser demitida do cargo. 

Regina Duarte e Edir Macedo viram reportagem do Jornal Nacional

Na reportagem, o jornal citou como a nomeação do maestro Dante Mantovani para a Funarte. Ele acabou sendo exonerado no mesmo dia. Essa recondução e exoneração ao cargo aconteceu apenas dois meses depois de Dante associar o rock ao que chamou de ‘indústria do aborto e do satanismo”. 

Publicidade
Publicidade


“O Edir Macedo indicou para ele [Bolsonaro] um sujeito chamado Igor”, diz a assessora de Regina Duarte no áudio vazado e mostrado pelo Jornal Nacional. “Então, assim, eles estão decidindo… Tá decidido […] Que loucura isso, que loucura. Eu acho que ele tá me dispensando”
, responde Duarte ao falar sobre o assunto. 

Regina Duarte, antes de assumir o cargo no governo federal, esteve em novelas icônicas da emissora. Entre elas, destacam-se Roque Santeiro, um das maiores audiências de todos os tempos da TV.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Avatar

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Next post

Betty, a Feia em Nova York: Margarida pressiona Betty com pergunta sobre Armando

Filho do autor de ‘A Turma da Mônica’ revela ameaças de morte, após se assumir gay