in

Pastor Valdemiro Santiago recebe duro castigo do MPF, após feijão contra coronavírus

Rede Vida / Fernando
Publicidade

MPF manda que Pastor Valdemiro Santiago retire do ar vídeos em que promete cura do coronavírus com feijão. O Pastor Valdemiro Santiago causou polêmica e até revolta, após aparecer em um vídeo em que vende um feijão por R$ 1000. O feijão teria papéis mágicos, de acordo com o religioso. Em um vídeo divulgado no Youtube, ele diz que o feijão teria até o poder de curar o coronavírus. 

O Ministério Público Federal (MPF), ao ter ciência do vídeo, mandou que as imagens fossem retiradas do ar em até cinco dias. A decisão foi dada na segunda-feira, 11. Ou seja, até a sexta-feira, 15, o material deve ser retirado do ar.

O MPF lembra que não existe cura para o coronavírus. No Brasil, a entidade lembra que não há nem mesmo um remédio usado para combater a doença. 

Publicidade
Publicidade

O Ministério Público Federal quer algo além da retirada do material do ar. A entidade pede que o Pastor Valdemiro Santiago revele quanto tempo o material ficou no  ar e quantos acessos o vídeo acabou tendo. Tudo para dar ciência à extensão da quantidade de pessoas que a informação sobre o suposto “feijão milagroso” acabou chegando.  

Na internet, o pastor foi detonado. “Na minha opinião muitas pessoas são levadas ao erro devido a libertinagem que está instalada neste país, a maior parte das doações feitas a estas “igrejas” são apenas lavagem de dinheiro e os supostos pastores usam parte deste dinheiro para arrebanhar as pessoas mal informadas mais que tem muita fé, e por isso é que caem no golpe”, disse um dos internauta ao falar sobre o caso.

Publicidade
Avatar

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Next post

Ex-BBB Munik Nunes assume namoro com sertanejo e fãs comemoram nas redes sociais

Sem trabalho, Larissa Manoela ‘abre’ salão de beleza em casa