in

Médicos injetam morfina em Ludmilla em busca desesperada para reduzir as dores

Difusora FM/Divulgação
Publicidade

Ludmilla continua internada em um hospital no Rio de Janeiro. A funkeira deu entrada às pressas na unidade após se queixar de fortes dores abdominais. Os médicos constataram o desenvolvimento de uma pielonefrite aguda bastante complicada. O termo técnico se refere a um tipo de processo inflamatório que atinge a região dos rins.

Médicos usam morfina em Ludmilla

Conforme vem sendo noticiado pela imprensa do país, Ludmilla está enfrentando quadros fortíssimos de dores, em decorrência da infecção. De acordo com a jornalista Fábia Oliveira, em reportagem publicada na tarde desta quinta-feira (14) em sua coluna no Jornal O Dia, as dores da funkeira são tão fortes que os médicos recorreram ao uso de morfina.

As informações foram auferidas por uma fonte não especificada. Além das fortes dores na região do abdômen, a funkeira está com pus nos órgãos excretores, em decorrência da pielonefrite aguda.

Publicidade
Publicidade

Ludmilla cancela live

Vinha sendo divulgado pelas redes sociais a realização de uma live da cantora Ludmilla no próximo sábado (16/05). Esta seria a segunda apresentação da artista desde o início da quarentena imposta diante do novo coronavírus, sendo que da primeira vez, recordes de audiência no número de internautas online foram batidos.

Após a internação, os médicos recomendaram que a cantora desistisse de realizar a live, e a tão aguardada apresentação foi cancelada. As fortes dores não permitem sequer uma apresentação com a funkeira sentada. Com um quadro bastante delicado, os médicos ainda não possuem uma previsão de quando a famosa receberá alta.

Publicidade
Avatar

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Next post

Sofia ‘morre’ na novela Totalmente Demais, mas logo descobrem quem ela era de verdade

Maju Coutinho anuncia que ninguém mandou matar Bolsonaro ao vivo no Jornal Hoje