in

Datena se irrita ao vivo após repórter ser agredida e solta cachorros com Bolsonaro

Band / Montagem
Publicidade

Datena critica manifestação a favor de Bolsonaro, após repórter da Band ser agredida. Nesta segunda-feira, 18 de maio, o apresentador Datena falou sobre a agressão ocorrida com uma repórter da Band, quando ela estava ao vivo cobrindo uma manifestação a favor do presidente Bolsonaro. A agressão ocorreu ontem em Brasília e, no momento, a jornalista Clarissa Oliveira apenas fazia o seu trabalho.

Após agressão à repórter, Datena critica Bolsonaro e fala em protesto anti-democrático

Clarissa foi atingida por uma bandeira, que era segurada por uma manifestante. A mulher até pediu desculpas, mas em “meio aos risos”. Datena não gostou da manifestação e criticou Bolsonaro por o presidente ter chamado os atos de “democráticos”. Bolsonaro tentou justificar que os protestos, dessa vez, não tinham faixas pedindo o fechamento do Congresso, o AI-5 e a Intervenção militar.  

No entanto, essas faixas, na verdade, só foram retiradas do local onde Bolsonaro costuma aparecer, a rampa do Palácio do Planalto. Para o apresentado Datena, a agressão contra a repórter prova que o evento não era democrático.

Publicidade
Publicidade

“Agredir a nossa repórter com uma bandeira brasileira é uma demonstração de que não tem nada de democracia nisso aí. Pelo contrário, é desrespeito total a uma cidadã que está realizando o seu trabalho e desrespeito total à nação brasileira”, disse o apresentador em tom verborrágico durante o programa Brasil Urgente.

“Escutem o que eu estou dizendo: vai sair morte já já por causa dessa animosidade que nós temos”, disse o comunicador falando dos perigos desse tipo de manifestação.

Publicidade
Avatar

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Next post

Resumo Os Mutantes (19/05): Samira planeja acabar com a humanidade

Resumo A Escrava Isaura (19/05): Geraldo leva fora de Malvina