in

Fina Estampa: irmã de Marcela chega para abalar, prometendo vingar morte da jornalista

Globo
Publicidade

Na novela Fina Estampa, na Globo, nas próximas emoções que estão por vir, irmã de Marcela (Suzana Pires) chega para vingar morte da jornalista.

Marcela, após descobrir o maior segredo de Tereza Cristina (Cristiane Torloni), acabou tendo sua morte decretada. Depois de tomar um tiro, a jornalista irá parar no hospital. Com medo de ter seus planos revelados, Tereza Cristina vai atrás de Marcela.

No hospital, ela pega um travesseiro, terminando o serviço que seu capanga começou. Tereza Cristina ficará aliviada, acreditando que seu problema acabou, mas será surpreendida mais para frente, com a chegada de uma nova personagem.

Publicidade
Publicidade

Joana assusta Crô, que pensa ser Marcela ressuscitada

Quando menos se espera, Joana (Suzana Pires), irmã gêmea de Marcela, aparecerá na trama de Aguinaldo Silva, querendo descobrir como foi que a jornalista morreu. Ao chegar na casa de Tereza Cristina, entrando sem ser convidada, ela dará um susto em Crô (Marcelo Serrado).

O mordomo ficará apavorado com a presença de Joana, pensando que é Marcela. Reclamando, a irmã de Marcela dirá que as pessoas pensam estar vivendo na Suíça, pois deixam a porta aberta sem se importar com os ladrões.

Tereza Cristina fica surpresa ao saber da irmã gêmea de Marcela

Crô chamará Tereza Cristina, que também ficará surpresa ao ver Joana, mas ao conversar com a mulher, perceberá que se trata da irmã gêmea dela. Com muita saudade de sua irmã gêmea, Joana questionará Tereza Cristina sobre a jornalista.

Joana perguntará se ela sofreu muito na hora de morrer, querendo saber tudo sobre os momentos finais da vida de Marcela.

Publicidade
Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Estrela da série Friends perde a mãe e proíbe abraços no velório por causa do coronavírus

Regina Duarte sofre revés do próprio Bolsonaro, que se emparelha a Mário Frias