in

Valesca Popozuda afunda Jair Bolsonaro em críticas resgatando funk proibidão com Mr. Catra

Evaristo Sa/AFP | The Noite com Danilo Gentili/SBT/Reprodução
Publicidade

Valesca Popozuda usou uma de suas redes sociais para ironizar e criticar o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), por conta da quantidade de palavrões que foram proferidos por ele e parte de seus ministros durante a reunião ministerial ocorrida no último dia 22 de abril. Com um tom crítico, a artista que é conhecida em todo o país como uma das grandes ícones do funk proibidão aproveitou a oportunidade para alfinetar Jair Bolsonaro.

Valesca Popozuda ironiza Jair Bolsonaro

“Se eram para falar tanto palavrão, poderiam ter cantado Mama que era mais leve, né?”, ironizou a cantora, fazendo referência ao noma da música gravada juntamente com Mister Catra. Na composição, os dois cantores simulam práticas de copulação oral.

Publicidade

Ainda em seus ataques, a funkeira declarou que perto de Jair Bolsonaro e seus ministros pode ser considerada uma santa. “Dessa forma eu fico até light. Perto desse palavreado, eu sou santa”, escreveu a Valesca Popozuda.

Publicidade

O portal NaTelinha apurou a número de palavrões pronunciados durante o encontro de 22 de abril, e os contidos na letra da música Mama. Jair Bolsonaro e seus ministros declararam 31 contra 72 de Valesca Popozuda e Mister Catra, contando com a repetição dos versos.

Publicidade

Entenda a polêmica reunião

A gravação do encontro ministerial teve a divulgação liberada pelo ministro do STF, Celso de Mello. Esse encontro foi mencionado pelo ex-ministro, Sérgio Moro, como provas de que Jair Bolsonaro estaria tentando interferir no trabalho da Polícia Federal na superintendência do Rio de Janeiro, a fim de beneficiar amigos e familiares, livrando-os de investigações.

Publicidade
Avatar

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Next post

CNN pede aos pais que tirem as crianças da sala antes de exibir palavrões de Jair Bolsonaro

Valesca Popozuda reclama de palavrões de Bolsonaro em vídeo: ‘Perto desse palavreado, eu sou santa’