in

Resumo Chocolate com Pimenta (Viva) 09/06: Danilo enfrenta Bárbara por causa de Ana

Canal Viva
Publicidade

Nesta terça-feira, 9 de junho, no canal Viva, na novela Chocolate com Pimenta, Danilo enfrenta Bárbara, garantindo que irá lutar pelo amor de Ana. Ainda no mesmo capítulo, Ana revela para Mocinha que Danilo brincou com seus sentimentos de novo, mas ela não pretende deixar barato dessa vez. Danilo enfrenta sua tia, alegando que está disposto a ficar com Ana.

Jezebel não deixa Ana receber as flores de Danilo. Olga vai ao consultório de Dr. Paulo, explicando que precisa da ajuda dele para fazer Danilo não desistir do casamento. Não entendendo nada, o rapaz fica sabendo que ela quer que ele lhe ajude a fingir que está muito doente.

Olga fica possessa ao ver seu plano dar errado, em Chocolate com Pimenta

Dr. Paulo acha absurda a ideia de Olga, garantindo que não fará o que ela está pedindo, sendo um absurdo total. A víbora sai do consultório espumando de raiva. Ana resolve ir para casa de sua avó, dormindo no colo dela.

Publicidade
Publicidade

Jezebel flagra Danilo esperando debaixo da janela de Ana, mandando jogar um balde d’água em cima dele. Margarido e Carmem resolvem apoiar o desejo de Ana em tirar a fábrica da cidade, acreditando que ela estará com sua vingança completa.

Márcia quer que Ana arrume um novo amor

Carmem salienta que essa será a única maneira dela conseguir conquistar o respeito de todos, que nunca mais ousarão duvidar de sua capacidade. Logo depois, Márcia pede para ter uma conversa com sua prima.

Márcia diz que torce muito pela felicidade de sua prima, por isso quer que ela tente se entregar a um novo amor, só assim conseguirá esquecer Danilo de uma vez por todas.

Publicidade
Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Ana Maria Braga ora após a cura do câncer e faz linda recordação de Hebe Camargo

Dono da RedeTV detona Luciano Huck e afirma: ‘O brasileiro quer emprego, não esmola’