in

Globo revela motivo de homem armado ir atrás da jornalista Renata Vasconcellos: ‘Corajosa’

Publicidade

Os funcionários da Rede Globo de Televisão, que estavam na sede de jornalismo da emissora, sofreram um grande susto na tarde desta quarta-feira (10). Isto porque um homem armado com uma faca invadiu o local, e chegou a fazer uma repórter de refém.

O homem, que até o momento não teve identidade revelada, fez a repórter Marina Araújo de refém, e exigiu entrar na programação ao vivo da emissora. Ele tinha como objetivo falar com a jornalista Renata Vasconcellos, que apresenta o Jornal Nacional ao lado William Bonner.

Logo após a informação se propagar, o assunto se tornou um dos mais comentados nas redes sociais, e Renata foi classificada como uma heroína nos momentos de tensão protagonizados no local. Inúmeros internautas elogiaram a postura da âncora.

Publicidade
Publicidade

Após o ocorrido, a TV Globo divulgou uma nota oficial explicando o caso. A emissora definiu a ação dos seguranças como rápida. Eles acionaram de forma imediata a Polícia Militar para fazer a negociação com o criminoso. 

Motivação

A principal emissora do país ainda informou que ninguém ficou ferido e que a situação foi controlada após Renata Vasconcellos chegou no local. O comunicado aponta que o principal motivo do homem ter realizado a ação seria pelo fato dele ter distúrbios mentais, refutando assim a possibilidade do crime ser por motivações políticas.

A TV Globo ainda fez questão de elogiar a ação da jornalista. “Renata foi corajosa, desprendida, solidária e absolutamente imprescindível para que tudo acabasse bem. As duas profissionais estão bem“.

Publicidade
Next post

Como estão os atores que faziam Família Dinossauro, 26 anos depois?

Resumo Apocalipse (RecordTV) 11/06: Joice morre e Dylan fica dilacerado