in

Resumo Chocolate com Pimenta (Viva) 17/06: Ana cria plano para sabotar casamento de Olga e Danilo

Canal Viva
Publicidade

No capítulo de Chocolate com Pimenta, na tela do canal Viva, nesta quarta-feira, 17 de junho, Ana arma contra casamento de Olga e Danilo.

Ainda no mesmo capítulo, não sabendo se Danilo está sendo sincero no que lhe disse, Ana pede ajuda para sua prima, pois ela é a única pessoa que pode lhe ajudar a descobrir se ele está falando a verdade ou não.

Márcia pede para sua prima ver se o rapaz já comprou as alianças de compromisso. Vivaldo se insinua para Ismênia, mas sem sucesso. Ana descobre que Danilo mentiu para ela, pois mandou fazer as alianças de noivado.

Publicidade
Publicidade

Graça desconfia de Celina, em Chocolate com Pimenta

Inconformada, a viúva promete se vingar dele. Maurício quer fazer seu avô aceitar seu namoro. Graça vê Celina separar algumas roupas do guarda-roupa, questionando-a. Colocando seu plano de se vingar em prática, Ana diz para Danilo que arranjou um partido melhor que ele, pedindo que saia da sua vida.

Em seguida, ela vai embora com Sebastian. Furioso, Danilo insulta Sebastian, que joga uma melancia na cabeça dele. Fingindo estar satisfeita com o vexame que Danilo passou, Aninha chora ao chegar em sua casa, pois não queria que seu passado estivesse se repetindo.

Ana conta seu plano para Sebastian

Danilo volta correndo para Olga, garantindo que quer se casar com ela. Ana Francisca pede que Sebastian vá ao seu encontro.

Esperta, a viúva avisa que tem um plano para o dia do casamento dele, que não ficará feliz com o que ela irá aprontar. Ana diz que eles terão um casamento inesquecível, que entrará para a história da cidade.

Publicidade
Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Resumo Malhação 2008 (Viva) 17/06: Domingas e Fernandinho são surpreendidos por seus amigos

Resumo O Clone (Viva) 17/06: Jade se humilha para Said lhe querer de volta, mas é rejeitada