in

Cantor é assassinado após tiroteio e notícia deixa fãs perplexos

O Pensador
Publicidade

A violência é uma das maiores problemáticas da sociedade, e está presente nos quatro cantos do mundo. Conhecido nos Estados Unidos, o rapper Tray Savage acabou morrendo na última sexta-feira (19), após ser alvejado por disparos de arma de fogo enquanto dirigia  na Evans Avenue, no bairro de Chatham, em Chicago. As informações foram reveladas pelo TMZ.

O rapper tinha contrato com Glo Gang, de Chief Keef, renomado no mercado. Segundo um relatório da CBS Chicago, o cantor estava deixando a namorada, quando foi baleado no pescoço e no ombro por um homem desconhecido. 

Ferido, Tray Savage acabou colidindo seu veículo contra três carros estacionados. Conduzido às pressas para o Centro Médico da Universidade de Chicago, o cantor não resistiu e morreu horas depois.

Publicidade
Publicidade

Em investigações iniciais, a polícia apurou com testemunhas que um utilitário esportivo branco foi vista na vizinha na hora do tiroteio. Os detetives da região de Chicago estão apurando o crime, mas ainda não tem suspeitos.

View this post on Instagram

😈

A post shared by Tray Savage (@traysavageglo) on

Repercussão

A morte do rapper de apenas 26 anos pegou os fãs de surpresa. Nas redes sociais, inúmeras foram as mensagens em solidariedade à família do cantor.

 “Muito triste, a violência, infelizmente, levou mais uma alma importante”, disse um dos fãs no Twitter.

Considerado um dos membros principais do selo Glo Gang, de Chief Keef, Tray se tornou conhecido por uma participação na faixa de Keef em 2013, “Chiefin Keef”, ao lado de Tadoe. No ano passado, Savage liberou o seu projeto recente, o MGHS.

Publicidade
Next post

O gesto de Bonner no JN que está parando o Brasil

Angela Ro Ro diz que ninguém se interessa por seus shows e pede ajuda: ‘apenas 10 reais’