in

Dois anos após tweet sobre facada de Bolsonaro, Zé de Abreu pagará caro a hospital

UOL
Publicidade

O Hospital Albert Einstin teve vitória na justiça em uma ação contra o ator José de Abreu, que recentemente deixou o casting permanente de estrelas da Globo. O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) condenou o ex global a indenizar o hospital em R$ 20 mil. Tudo por conta de uma publicação a respeito da facada que o então candidato à presidência da república, Jair Bolsonaro, levou durante a campanha eleitoral, em 2018. 

José de Abreu terá que pagar indenização de R$ 20 mil ao Hospital Albert Einstein

O ator usou a sua conta no Twitter, na época, na qual publicou uma informação falsa, popularmente chamada no Brasil e “fake news”. No texto, o profissional da dramaturgia dizia que o hospital em questão teria feito uma espécie de conluio com o serviço de inteligência de Israel para promover uma farsa. 

A tal farsa, de acordo com o ator, foi a facada que o presidenciável levou na cidade de Juiz de Fora, no estado de Minas Gerais. O artista chegou a apagar o post depois de grande repercussão, mas já era tarde.

Publicidade
Publicidade

“Teremos um governo repressor, cuja eleição foi decidida numa facada elaborada pelo Mossad [serviço secreto de Israel], com apoio do Hospital Albert Einstein, comprovada pela vinda do PM [primeiro-ministro] israelense, o fascista matador e corruptor Bibi [Benjamin Netanyahu]”, disse José de Abreu ao falar sobre o assunto no Twitter. 

Essa é a segunda condenação do ator José de Abreu no caso. Em julho do ano passado, o ator já havia sido condenado em primeira instância, mas recorreu. Atualmente, Abreu mora fora do Brasil. 

Publicidade
Avatar

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Next post

Resumo Totalmente Demais (06/07): Arthur fica com a cara no chão ao dar flagrante em Carolina e Germano

Em Fina Estampa, Griselda se desespera com notícia de morte de Amália: ‘Minha filha morreu’