in

Querido músico morre e banda lamenta: ‘Descanse em paz’

Pinterest
Publicidade

O mundo do entretenimento está de luto após a morte do músico Pascual Suárez. A morte do artista foi anunciada na conta do Instagram do grupo Cañaveral formado por Humberto Pabón.
 

É com muita tristeza que estamos unidos à tristeza que a família Suárez foi tomada pela morte recente de nosso querido amigo Pascual Suárez, que faz parte da família. Nossas mais profundas condolências e nossas orações, desejando uma rápida renúncia a todas as famílias, Descanse em paz“, descreve a nota de falecimento que, não divulgou a causa da morte do artista.

O grupo anunciou que, devido à morte de Pascual, eles não poderão realizar o programa on-line que estava agendado. 

Publicidade
Publicidade

Devido à recente morte de nosso amado Pascual Suárez, membro do Grupo Cañaveral, que resultou em um golpe muito sensível para o grupo, decidimos adiar nosso programa on-line ‘Dancing from home’ para o próximo sábado, 25 de julho às 21:00. hrs. Os ingressos com os fólios comprados serão válidos para esta nova data e agradecemos a todos os nossos fãs pelo apoio incondicional nestes tempos difíceis e tristes para nós“. relatou Cañaveral. 

O vocalista do grupo Emir Pabón, lamentou a morte do companheiro da banda.  “Minhas condolências após a triste perda de um grande amigo, rezo para que você tenha uma calorosa recepção a toda a família!! Descanse em paz, amigo“, escreveu Emir.  

O Grupo Cañaveral

Humberto Pabón Olivares decidiu fundar Cañaveral em janeiro em 1995, com o objetivo de resgatar o som autêntico da ‘cumbia’. Uma de suas inovações foi integrar o Tambor Alegre, um instrumento típico da Colômbia, pela primeira vez em um grupo mexicano. 

Durante sua carreira musical, na qual eles fizeram de um de seus selos o grito de huipipipi, o grupo conseguiu posicionar temas como eu não vou perdoá-lo, Hasta el cielo Chorou e Rose tem Espinhos.

Sua música foi tocada em vários programas de televisão e, de fato, eles tocaram o tema principal da série María de Todos los Ángeles.  Em 2003, o Emir e seu irmão Dairon decidirá elevar o Grupo Cañarreal como uma homenagem ao país, mais seis anos depois de retomarem suas atividades juntos como um Grupo Cañaveral. 

O grupo continua ativo, apesar da pandemia da COVID-19, com o plano de fazer um show via streaming em 10 de julho, mas foi adicionado por alguns dias. Eles também lançaram mais músicas na web nos últimos meses e colaboraram com cantores como Ana Bárbara e Kika Édgar.

Publicidade
Avatar

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.

Next post

Em Fina Estampa, Renê Junior suplica pelo retorno do pai: ‘Mãe no papel da vampira lésbica’

Maju Coutinho faz anúncio ao vivo na Globo e avisa que o vice Mourão foi chamado