in

Kylie Jenner é atacada em nova polêmica digital

Kylie Jenner - Blitz
Publicidade

Kylie Jenner foi muito atacada no Twitter, e até chegou a ser acusada por racismo. Tudo isso, depois de ela não ter marcado a marca de seu vestido, em suas fotos no Instagram. Muitos entenderam isso como uma forma da socialite, de 22 anos de idade, tirar o mérito do designer, por ele ser negro. Porém, a jovem americana já reagiu, negando tudo isso e mostrando um relacionamento ótimo com a marca Loudbrand Studios, que até ganhou uma bom marketing com todo esse drama.

Kylie Jenner acusada por racismo no Twitter 

Se tem pessoa que poucos imaginariam sendo racista, essa é Kylie Jenner ou qualquer familiar seu. A jovem beldade sempre esteve muito próxima da comunidade negra, tendo várias amigas e ex namorados negros. O mesmo com quase todas suas irmãs e até sua mãe, que depois de dois casamentos terminados, está namorando Corey Gamble, também ele negro.

Sobre Kylie, seus relacionamentos mais famosos foram também com Jaden Smith, o filho de Will Smith, e depois o rapper Tyga e, mais recente, o também rapper Travis Scott, o pai de sua filha Stormi Webster, de dois anos de idade. Então, falar que a jovem bilionária é racista parece um tanto de exagero, mas muitos acreditam que ela não quis dar protagonismo para a marca, independentemente do motivo.

Publicidade
Publicidade

A verdade é que depois de ter estourado a polêmica no Twitter, a irmã menor de Kim Kardashian colocou o arroba da marca no Instagram e falou que está amando a Loudbrand Studios. Portanto, ela poderia mesmo ter se esquecido de dar o destaque para essa marca, mas acabou levando a algumas críticas indesejadas.  

View this post on Instagram

i love it here.

A post shared by Kylie 🤍 (@kyliejenner) on

Kylie Jenner responde e ajuda marca crescendo 

Kylie Jenner foi acusada de ignorar propositadamente a marca. Depois das críticas terem viralizado, a garota foi no Twitter, e pegou em uma das mensagens para clarificar a situação. Então, uma usuária do Twitter escreveu que “Kylie Jenner está se recusando a rotular o estilista do vestido que ela acabou de postar, que é uma marca de propriedade negra, e agora está limitando seus comentários”.


Depois, Kylie Kylie retweetou a postagem crítica, acrescentando sua opinião: “Ok, isso é apenas uma suposição. por que eu me recusaria a marcar uma marca e bloquear comentários. isso é completamente falso. Eu acho que essa marca é incrível e eu queria mostrar apoio e continuarei a fazê-lo. todo mundo vão conferir a @LoudBrndStudios”.


Quem parece ter amado toda essa polêmica foi mesmo a marca Loudbrand Studios, que está recebendo agora todas as atenções. Aliás, também no Twitter, eles agradeceram para Kylie, porque tudo isso estava ajudando eles em crescer muito rapidamente. Kylie Jenner respondeu: “Eu amo vocês”. Certo é que o vestido esgotou no site da marca, de acordo com o Hollywood Life.

Publicidade
Next post

Ludmilla é internada em São Paulo e submetida a cirurgia; assessoria da cantora contou o que houve

Luísa Sonza solta o verbo sobre ataques machistas: ‘Se parar pra analisar, não conseguimos viver’