in

Resumo A Escrava Isaura (14/07): Isaura e Helena são mandadas para a prisão

RecordTV
Publicidade

Na tela da RecordTV, nesta terça-feira, 14 de julho, em A Escrava Isaura, Helena e Isaura recebem seus mandados de prisão.

Ainda no mesmo capítulo, Leôncio cai morto ao lado de Isaura, que tenta tirar a faca dele. Assim que a ex-escrava consegue tirar a faca, o Sargento de Milícias chega e a pega em flagrante, acusando-a de ser a assassina de Leôncio.

Álvaro chega logo depois, querendo saber como Isaura está. Aos poucos, todos vão chegando à cabana, descobrindo que Leôncio foi morto de maneira brutal e misteriosa. Malvina começa a chorar desesperadamente, pois não queria que Leôncio tivesse morrido de maneira tão cruel.

Publicidade
Publicidade

Isaura se entristece com sua prisão

André e João se encarregam de levar o corpo de Leôncio para a charrete. Isaura fica triste com sua prisão, não acreditando que está tendo que passar por mais uma provação. O Sargento de Milícias recebem duas ordens de prisão, sendo uma para Isaura e outra para Helena, que confessora ser a verdadeira assassina de Paulo.

O juiz manda liberar Diogo, pois ele não é mais culpado pela morte de Paulo. Aurora consola Helena. Álvaro não consegue convencer o Sargento de Milícias, que manda levar Isaura para a cela. Álvaro resolve fazer companhia para sua amada.

Helena é interrogada

Juntos, os dois começam a pensar nos principais suspeitos. Sebastião pede para realizarem o enterro de Leôncio, mas pede que sejam breves, pois ele não merece que lágrimas sejam derramadas. Helena presta depoimento. Em seguida, ela é levada para uma cela do lado da de Isaura. Francisco quer se vingar.

Publicidade
Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

9 celebridades brasileiras que sumiram da TV sem deixar rastros

Resumo Jesus (14/07): Gerasano desafia o messias