in

Edmundo diz que pagou R$ 10 milhões ao filho que vende geleias e ouve resposta: ‘para evitar que fosse preso’

Reprodução/Lance
Publicidade

A pandemia do coronavírus vem afetando milhões de brasileiros e pessoas em todo o mundo, não sendo diferente com Alexandre Mortágua, filho do ex-jogador de futebol Edmundo, o rapaz vende geleias para complementar sua renda atualmente.

Edmundo se defende

Edmundo foi um dos maiores jogadores da história do futebol e, para muitos, poderia ter conquistado até mesmo o prêmio de melhor do mundo. O próprio ex-atleta afirmou que teria capacidade para alcançar tal feito, no entanto, que teria feito escolhas erradas ao longo de sua carreira.

Edmundo trabalha atualmente como comentarista esportivo dos canais Fox Sports, concedeu entrevista ao UOL e se defendeu de acusações feitas pelo seu filho. Alexandre, o primogênito de Edmundo, alega sofrer abandono afetivo de seu pai e o ex-craque tentou se defender.

Publicidade
Publicidade

O comentarista alegou ter pago quase R$ 10 milhões de reais em pensão ao longo de 24 anos, sendo algo próximo a R$ 31 mil por mês.

Resposta de Alexandre

Alexandre Mortágua também teve direito à palavra e rebateu o pai. Aos 25 anos, o rapaz é um cineasta, disse em seu Instagram que são tempos difíceis e fez um post na tentativa de conseguir aumentar sua renda. O post conta com quase 1500 curtidas e repercutiu contra Edmundo na web.

“Ele fala como se tivesse pagado de muita boa vontade. ‘Ele se aproveita’. Se aproveita de que, meu senhor? Meu pai sempre deixou muito claro que nossa relação era apenas uma formalidade dele com a Justiça para ele evitar que fosse preso”, rebateu Alexandre Mortágua recentemente.

Publicidade
Next post

Advogada apontada como amante de Jorge Jesus grava vídeo e desabafa

Renato Aragão pode ter retorno triunfal à televisão brasileira, após demissão da Globo