in

9 curiosidades sobre os bastidores da novela Fina Estampa

Divulgação/Quem
Publicidade

A novela Fina Estampa foi exibida pela primeira vez na telinha no ano de 2011. Ela retornou a grade da Rede Globo em caráter emergencial devido as gravações de Amor de Mãe terem sido suspensas por causa da pandemia do coronavírus. O folhetim teve como protagonista a atriz Lília Cabral.

A trama foi um grande sucesso de audiência na ocasião e isso tem se repetido com a sua reprise atual. Algumas curiosidades cercam a novela das 21 horas e essa pauta vai elencar algumas delas, já que muitos telespectadores podem não conhecer. Veja abaixo 9 curiosidades que envolvem a novela da TV Globo Fina Estampa.

Alteração do título

Muita gente não sabe, mas o nome original não era Fina Estampa. O título do folhetim foi alterado. No começo, a ideia era que a novela receberia o nome de Marido de Aluguel.

Publicidade
Publicidade

Protagonista trocada

O nome cotado para ser a protagonista da novela era o da atriz Gloria Pires. Contudo, a famosa não aceitou o convite e preferiu participar de Insensato Coração,  trama que foi a sucessora de Fina Estampa.

Retorno para Globo

Fina Estampa marcou o retorno do ator Marcelo Serrado a emissora carioca. Ele havia ficado cinco anos na Record TV. Ele interpretou Crô e foi um dos grandes destaques da trama e seu personagem se tornou um grande sucesso.

Cinema

O personagem Crô foi tão marcante que ele acabou indo para as telonas. Além dele, também tiveram Baltazar e Marilda, personagens de Fina Estampa que participaram do filme que foi roteirizado pelo autor Aguinaldo Silva.

Destaques na trama

O personagem de Alexandre Nero, o motorista Baltazar e Marilda, a empregada, acabaram roubando a cena da grande vilã Tereza Cristina. Além deles, Pereirinha (José Mayer), Tia Íris (Eva Wilma) e René (Dalton Vigh) também se destacaram muito ao longo da trama.

Autorreferente

O autor do folhetim resolveu fazer algumas homenagens as suas obras antigas. A vilã Tereza Cristina matava os desafetos empurrando suas vítimas escada abaixo, assim como a terrível Nazaré Tedesco. Também houve referência ao vidente Uálber Cañedo, interpretado por Diogo Vilela na novela Suave Veneno. Já Tia Íris tinha hábito de dizer palavras em inglês, como Altiva, de A Indomada.

Briga de autores

Walcyr Carrasco e Aguinaldo Silva trocaram farpas por causa do folhetim. Aguinaldo alegou que o autor teria copiado o conflito de Antenor (Caio Castro) e a mãe Griselda (Lília Cabral) dos personagens de Klebber Toledo e Cássia Kiss, da novela Morde e Assopra.

Trilha autoral

A trama teve composições inéditas de artistas como Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz e Sombrinha. Os artistas se juntaram para compor algumas canções da novela.

Namorada na vida real e irmãos na trama

A atriz Sophie Charlotte que interpretou a jovem Amália, era irmã de Antenor (Caio Castro) e Quinzé (Malvino Salvador). Na ocasião, a famosa era atual namorada de Malvino e ex de Caio Castro.

Publicidade
Next post

Horóscopo Diário do Amor: fique por dentro das previsões para o seu signo (15)

Morre cantora brasileira, aos 61 anos, após perder luta para câncer: ‘Descanse em paz’