in

Grey’s Anatomy promete muita emoção ao abordar Covid-19 na 17ª temporada

divulgação ABC
Publicidade

A série Grey’s Anatomy é uma das mais populares da TV e aborda o mundo hospitalar como poucas. A 17ª temporada da série estrelada por Ellen Pompeo, que dá vida a Meredith Grey, vai abordar o assunto do momento em todo o mundo: a pandemia causada pelo coronavírus. Mais de meio milhão de pessoas já morreram em todo o mundo desde o início da disseminação do vírus.

A equipe de produção de Grey’s Anatomy tem feito contato com médicos reais, que estão na linha de frente do combate ao novo coronavírus para buscar informações que possam ser utilizadas na série exibida no Brasil pela Sony – 15 temporadas estão disponíveis na plataforma de streaming Netflix.

A showrunner Krista Vernoff falou sobre o assunto durante entrevista ao painel da Academia de Televisão Americana, organizadora do Emmy. Segundo ela, os redatores têm conversado com médicos. “Eles (médicos) literalmente tremem e tentam não chorar (ao compartilhar relatos)”, contou Krista.

Publicidade

Seattle sofreu com a pandemia do coronavírus

O drama hospitalar Grey’s Anatomy acontece no Hospital Memorial Grey Sloan, em Seattle, cidade da região noroeste dos Estados Unidos. Na vida real, a cidade sofreu com a pandemia. Hospitais da região chegaram a usar caminhões frigoríficos para transportar os corpos dos mortos pela Covid-19.

O cenário de calamidade da saúde será abordado na 17ª temporada. Os Estados Unidos já registraram mais de 140 mil mortes em decorrência da Covid-19 e lidera o ranking de óbitos pela doença em todo o mundo. O Brasil é o segundo colocado, com mais de 80 mil mortes.

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!

Next post