in

Xuxa fará livro para criança com romance homossexual e diz que ‘cura gay’ é o fim do preconceito

Record TV
Publicidade

A apresentadora Maria da Graça Xuxa Meneghel está no meio de uma polêmica. Tudo porque ela lançará um livro com temática gay para crianças. No livro, uma criança seria criada por um casal de mulheres, que vive um romance lésbico. No entanto, desde que fez a revelação sobre a obra, a eterna rainha dos baixinhos tem sofrido críticas. Uma verdadeira onda de hostilização tomou conta das redes sociais da mãe de Sasha. 

O novo livro da apresentadora foi revelado em uma entrevista da loira ao apresentador Otaviano Costa. Xuxa, inclusive, falou sobre a chamada “cura gay” e que essa cura só ocorreria após o desfecho da homofobia. Nesse ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) acabou equiparando o crime de homofobia ao de racismo. Mesmo assim, muitos homossexuais sofrem diariamente o preconceito nas ruas. 

Xuxa pede fim da homofobia e diz que ele sim seria a ‘cura gay’

“Eu acredito na cura gay. Sabe quando ela ocorre? Quando, como vi hoje em um post, o pai pede que o filho dê um beijo no namorado para ele tirar uma foto. Também ocorre quando o neto pergunta para a avó: ‘O que a senhora faria se eu trouxesse meu namorado aqui na sua casa?’ E a avó responde: ‘Café’“, diz a comunicadora, que recebeu elogios de muitos fãs. Boa parte deles são gays. 

Publicidade
Publicidade

A apresentadora da RecordTV disse ainda que discutir esse tema é bastante importante e que mostra que o círculo de amor precisa aprender a aceitas as outras. 

A comunicadora, que vive rumores de que pode voltar para a Globo, ainda se questiona como a felicidade de terceiros pode incomodar tanto as pessoas. 

Publicidade
Avatar

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Next post

Livro infantil de Xuxa irrita a alta cúpula da Igreja Universal por abordar temática LGBTQ+

‘Kim Kardashian brasileira’ é abordada por estar sem máscara, tenta fugir e acaba autuada por porte de drogas