in

Por que os órgãos de Rodrigo Rodrigues não serão doados? Médico responde

Reprodução SporTV
Publicidade

O apresentador Rodrigo Rodrigues, do SporTV, morreu nesta terça-feira (28). Ele estava internado no Hospital Unimed-Rio, no Rio de Janeiro, desde sábado, quando deu entrada na emergência do local com cefaleia e vômitos. O comunicador foi operado para diminuir a pressão intracraniana, mas não resistiu e morreu.

Rodrigo Rodrigues estava afastado do SporTV devido à Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Ele testou positivo para a doença no dia 13 de julho, quando mesmo sem sintomas realizou o teste após ter contato com um amigo infectado.

Órgãos de Rodrigo Rodrigues não poderão ser doados

Diretor do Hospital Unimed-Rio, o médico Gabriel Massot deu entrevista e explicou porque os órgãos de Rodrigo Rodrigues não poderão ser doados. “Nesse caso, por ser um paciente recentemente ainda na fase de convalescência da Covid, não é prudente que a gente faça a doação dos órgãos”, explicou.

Publicidade
Publicidade

Os órgãos poderiam ser doados porque o apresentador teve morte cerebral. O profissional de saúde também contou que problemas vasculares têm sido observados em pacientes com a Covid-19, após o 15º dia. “Os fatores ainda estão sendo investigados, descritos. A gente tem visto sim quadros vasculares em pacientes com Covid”, afirmou Massot.

Rodrigo Rodrigues recebeu homenagens

O SporTV dedicou o Seleção, apresentado por André Rizek, para homenagear RR, como era chamado pelos amigos. O programa contou com a participação de jornalistas de outros canais, como Benjamin Back, do Fox Sports, e André Henning, do Esporte Interativo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!