in

Léo dá detalhes sobre separação da dupla com Victor e afirma: ‘A gente só não se pegava porque tinha plateia’

Divulgação - TV Globo
Publicidade

Exponenciais do sertanejo nos últimos anos, a dupla Victor e Léo anunciou a sua separação há dois anos. A notícia do fim da parceria entre os irmãos pegou todos os fãs de surpresa, que lamentaram muito a decisão dos cantores. 

Em entrevista à jornalista Fabíola Reipert, no Balanço Geral SP, da última quinta-feira (30), Léo Chaves quebrou o silêncio e falou sobre alguns bastidores que culminaram na separação da dupla. Segundo o cantor, que agora segue carreira solo, em algumas oportunidades eles se apresentaram “brigados”.

“Tinha dia que a gente não queria estar no palco (risos). E a gente só não se pegava porque tinha a plateia (risos), coisa de irmãos. Assim como qualquer ser humano, nós dois temos um ego a ser domado, ainda mais quando se fala de artistas”, afirmou ele.

Publicidade
Publicidade

Motivos

Léo Chaves ainda aproveitou para descartar que os motivos que levaram a separação da dupla com o irmão foram por conta da polêmica de Victor com a esposa Poliana Bagatini, no qual o cantor foi acusado de agredir a ex-companheira.

Segundo ele, apesar do momento conturbado, os dois deram as mãos para superar o problema juntos. Contudo, Léo Chaves revelou que naquele período os dois já estavam com crise na relação profissional, fator que foi preponderante para a tomada de decisão. 

Na visão de Léo, a postura de terminar a dupla foi o melhor caminho, classificando a decisão como lúcida. 

Apesar da separação, Léo contou ainda que tem uma ótima relação com o irmão, e que só não estão mais próximos por conta da pandemia do coronavírus. Questionado sobre uma possível volta da dupla em um futuro próximo, o cantor rechaçou a possibilidade.

Publicidade
Next post

‘Macaco preto safado’: o comovente desabafo de ator mirim de Chiquititas, vítima de racismo aos 13 anos

Antonia Fontenelle esculacha Xuxa após ela apoiar Felipe Neto: ‘Foi enxotada da Globo’