in

Ouro Verde: torturado, humilhado e machucado, Laurentino implora para morrer

Band
Publicidade

Nos próximos capítulos de Ouro Verde, na Band, após ser torturado, Laurentino (Bruno Cabrerizo) será morto da pior maneira que existe.

Sabendo que Edson (Cassiano Carneiro) tem uma raiva enorme de Laurentino por causa do que ele fez com sua filha, Jorge (Diogo Morgado) resolve contar com a ajuda dele para se vingar de uma vez por todas do inimigo.

Com isso, o capataz amarrará o fazendeiro nas patas de seu cavalo, arrastando-o por toda a fazenda, fazendo-o ficar completamente machucado, passando muito mal, não aguentando as dores que estará sentindo em seu corpo.

Publicidade
Publicidade

Laurentino pede para morrer e Edson faz o que ele pede

Edson não mostrará nem um pouco de ressentimento com o que acabou de fazer com o fazendeiro, querendo que ele morra da pior maneira possível, sentindo toda a dor do mundo, morrendo lentamente.

Depois de muito pensar, Laurentino chega a conclusão que não conseguirá sair da enrascada que se meteu dessa maneira. Em uma atitude desesperadora, ele começa a implorar para que o capataz lhe mate, acabando com seu sofrimento, assim será melhor para todo mundo.

Jorge faz as pazes com Salvador, em Ouro Verde

Edson resolverá acatar o que ele está pedindo, matando-o. Enquanto isso, Jorge acabará resolvendo outro problema que estava lhe afligindo, sua indiferença com Salvador (Rodrigo Paganelli). Depois de muita conversa, ele finalmente consegue perdoá-lo por tudo que lhe fez passar.

Os dois se arrependem muito de terem perdido tanto tempo brigando. Ouro Verde, na tela da Band, vai ao ar de segunda a sábado, por volta das 20h30, após o Jornal da Band.

Publicidade
Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

O Que a Vida Me Roubou: José Luis não quer nem saber da possibilidade de Alessandro estar vivo

Sonia Abrão se comove com morte e lamenta perda trágica: ‘Mais uma vítima’