in

Felipe Neto nega ter solicitado Auxílio Emergencial e toma atitude inesperada

Reprodução: Youtube/Felipe Neto
Publicidade

O youtuber Felipe Neto teve seu nome inscrito como beneficiário do programa Auxílio Emergencial, mas obviamente não cumpre os pré-requisitos para receber a ajuda do governo. Em nota oficial enviada pela sua assessoria, o influenciador digital comunicou que devolveu o montante de R$ 1.200 (equivalente a duas parcelas do benefício) ao Ministério da Cidadania, que tem cuidado da distribuição do auxílio.

“A assessoria de Felipe Neto esclarece que, por óbvio, o pedido de inclusão de tal benefício não foi feito pelo próprio ou por qualquer pessoa por ele autorizada, mas sim por um terceiro. Ainda não há conhecimento se a intenção era realizar algum tipo de fraude ou apenas mais uma tentativa de jogá-lo contra a opinião pública”, diz um trecho da nota enviada. 

Ainda segundo o comunicado, as pessoas que cuidam da parte jurídica de Felipe Neto tomarão todas as medidas cabíveis no caso, para cancelar o cadastro, e caso tenha um novo valor recebido, o mesmo será devolvido. Através dos seus advogados, o youtuber tentará descobrir junto ao Ministério da Cidadania, a pessoa responsável pela fraude, para que esta responda na Justiça pelo ato.

Publicidade
Publicidade

Participação no JN

Na noite da última quinta-feira (30), Felipe Neto deu entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, onde abordou sobre os ataques que tem recebido nos últimos meses. O youtuber, atualmente, processa a apresentadora Antônia Fontenelle, que tentou associar a imagem dele e do seu irmão, o também youtuber Lucas Neto, à pedofilia.

O JN ainda esclareceu que as acusações sobre o influenciador eram infundadas, tratando-se assim de fake news. O estopim para a ida de Felipe Neto à público no telejornal mais assistido do país se deu após ele ser perseguido na entrada do seu condomínio.

Publicidade
Next post

SBT faz adeus comovente a Chaves nas redes sociais: ‘o fim de uma era’

Resumo Fina Estampa (01/08): Antenor é sequestrado a mando de Tereza Cristina