in

Bonner e Renata dão a notícia mais triste e impactante ao vivo no Jornal Nacional

Reprodução Globo
Publicidade

O Jornal Nacional tem se dedicado nos últimos meses a fazer uma longa e extensa cobertura sobre a pandemia do novo coronavírus. Nesta sexta-feira (31), último dia de julho, o JN atualizou os dados da Covid-19 no país e a informação passada direto dos estúdios da Rede Globo em São Paulo foram preocupantes.

“O Márcio Gomes tem os números atualizados da pandemia no Brasil com os dados coletados pelo consórcio de imprensa”, afirmou Renata Vasconcellos, dando espaço ao apresentador do SP2 no telejornal que ela apresenta ao lado de William Bonner. O primeiro dado apresentado no JN, ao vivo para todo o Brasil, causou preocupação em todo o país.

No dia 1º de julho, o Brasil registrava 60.713 óbitos em decorrência da Covid-19. Ontem, último dia do mês, este número chegou a 92.568, com pouco mais de mil mortes todos os dias. O Brasil deve chegar a marca de 100 mil óbitos nesta semana. A situação é bastante delicada em todo o território nacional.

Publicidade
Publicidade

Jornal Nacional tem alcançado altos índices de audiência

O Jornal Nacional é o telejornal mais assistido da TV brasileira. Na última quinta-feira (30), os números de audiência registrados em São Paulo foram muito altos, de acordo com o site Notícias da TV. O JN alcançou média de 32,3 pontos na região da Grande São Paulo. Foi a segunda maior audiência da Rede Globo naquele dia.

O Jornal da Record registrou 7,6 pontos de média, enquanto o SBT ficou com 5,8 na mesma região. A distância do JN para a concorrência é grande. Hoje, o telejornal apresentado por Renata Vasconcellos e William Bonner não é ameaçado, lidera a audiência com muita folga.

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post