in

Acusada da morte, Flordelis se declara ao pastor Anderson do Carmo: ‘meu Nem’

Reprodução TV Globo
Publicidade

Flordelis usou as redes sociais para prestar homenagem ao pastor Anderson do Carmo. Ele foi morto no dia 16 de junho do ano passado. Ontem, quando a morte completou 1 ano e 3 meses, a deputada federal o homenageou. Ela começa o texto de forma carinhosa, referindo-se a Anderson como “meu Nem”. Em seguida, ela diz que sente muitas saudades do marido.

“Não consigo me acostumar a viver sem você. Até tento, mas não consigo, fazíamos quase tudo juntos, sinto sua falta ao meu lado, tem muito difícil viver sem você”, diz Flordelis no primeiro parágrafo da homenagem. A pastora e deputada também cita a dor da ausência.

Logo depois, referindo-se a Anderson como amor, ela diz que o marido segue vivo dentro dela e classifica o período de 1 ano e 3 meses sem Anderson como uma eternidade. Ela diz ainda acreditar que um dia vai reencontrar Anderson do Carmo. “As saudades que sinto de você me deixam paralisada”, afirmou.

Publicidade
Publicidade

Flordelis é ré na morte do marido

No mês passado, oito pessoas envolvidas na morte do pastor Anderson do Carmo foram presas em operação conjunta da Polícia Civil e Ministério Público (MP). Flordelis é ré no caso e só não foi presa porque conta com a imunidade parlamentar. Ela foi eleita deputada federal pelo Rio de Janeiro em 2018.

O inquérito do caso aponta que Anderson foi morto devido às questões financeiras e de poder na família. Flordelis nega as acusações de ser a mandante do crime. No Congresso Nacional, ela responde a processo por quebra de decoro parlamentar e corre o risco de ter o mandato cassado. Caso isso ocorra, ela pode ser presa imediatamente.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post