in

Jornal Nacional detalha pagamento do auxílio emergencial e notícia preocupa

Globo / Caixa
Publicidade

O Jornal Nacional exibiu reportagem com todos os detalhes do pagamento do auxílio emergencial. O benefício foi estendido por mais quatro parcelas, mas nem todo mundo terá direito a elas. Os beneficiários do Bolsa Família devem ser os únicos a receber as quatro parcelas residuais da extensão do auxílio.

No JN, a repórter Delis Ortiz contou os detalhes e um quadro detalhado exibiu quem recebe e quem não recebe todas as parcelas extras. Basicamente, quem recebeu a última parcela de R$ 600 em agosto terá direito às quatro extras, a serem pagas em setembro, outubro, novembro e dezembro.

Quem recebe a última parcela de R$ 600 neste mês de setembro, terá direito a apenas três parcelas extras, de outubro a dezembro. Quem recebe a última em outubro, vai receber duas parcelas de R$ 300 em novembro e dezembro. Por fim, quem está programado para receber a última parcela de R$ 600 em novembro, só terá direito a uma parcela com a metade do valor, em dezembro.

Publicidade
Publicidade

JN dá detalhes sobre o pagamento do auxílio emergencial

A repórter Delis Ortiz explicou durante a passagem – momento em que aparece na tela – que o governo abriu crédito extraordinário de quase R$ 68 bilhões pra pagar essas novas parcelas e já tinha R$ 254,2 bilhões reservados para pagar as cinco parcelas de R$ 600.

“O Ministério da Cidadania explicou que não pode haver benefício acumulado nem retroativo e que existe um prazo limite pra usar esse dinheiro: 31 de dezembro, que é quando vence o decreto do estado de calamidade”, explicou a jornalista. Em todo o Brasil, cerca de 67,2 milhões de pessoas receberam ao menos uma parcela de R$ 600.

Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br