in

Apresentador da Record TV faz boletim de ocorrência por intolerância religiosa: ‘evangélico’

Record TV
Publicidade

Na sexta-feira, 18, o apresentador da Record TV Fábio Ramalho, teve um problema ao solicitar um carro por um aplicativo de transporte. Fábio contou ao jornal O Dia que solicitou um carro para ir ao trabalho.

Quando o motorista chegou, ele pediu que o apresentador aguardasse um pouco. Após cinco minutos de espera, Fábio avisou o motorista que iria cancelar a viagem, mas nesse momento o profissional surtou e gritou com ele, o expulsando do carro.

“Evangélico”, gritou o motorista do aplicativo de viagens.

Publicidade
Publicidade

Fábio se sentiu vítima de intolerância religiosa e registrou um boletim de ocorrência pelo ocorrido. O jornalista acredita que a atitude do homem estava atrelada ao fato dele trabalhar na RecordTV, que tem como sócio majoritário Edir Macedo, bispo e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus.

“Isso mostra o preconceito que é visceral e que as pessoas só põem para fora em momentos assim. Até isso acontecer a gente acha que as pessoas não têm preconceito nenhum”, declarou Ramalho. A administração do app de viagens, até o momento, não emitiu nenhuma nota sobre o caso envolvendo seu motorista.

A intolerância religiosa é uma realidade no Brasil em diferentes religiões. Durante o auge da crise migratória por conta dos conflitos na Síria, episódios de preconceito e intolerância com muçulmanos foram registrados no Brasil. O caso mais conhecido mostrou um sírio que era camelô nas ruas do Rio de Janeiro e que foi humilhado por outro camelô, que o considerava um terrorista por conta das guerras santas do Oriente Médio.

O preconceito com protestantes é costumeiro também, bem como com membros de religiões de matrizes africanas como umbanda e candoblé.

Avatar

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades